Problemas na coluna: temporários ou permanentes, todos nós temos. Mas nenhum de nós cuida bem de nossa postura e ergonomia no trabalho ou dia a dia. Não buscamos especialistas porque não nos preocupamos. Isso pode resultar em problemas graves e te atrapalhar não apenas no trabalho, mas também na vida pessoal.

Para aqueles que passam a maior parte do tempo sentados, você precisa além de uma cadeira ergônomica confortável, uma rotina de alongamento e pausas durante o trabalho. Alguns funcionários já trabalham com mesas adaptadas para que fiquem em pé por sentirem-se mais confortáveis. Para a maior parte de nós não há escolhas: temos de ficar em cadeiras por horas a fio. Mas como escolher a cadeira ideal para sua coluna?

Primeiramente, não deixe o setor administrativo comprar cadeiras sem te consultar. Cada uma delas tem uma medida diferente. E a medida ideal é aquela cadeira que consegue apoiar seus ombros, cobrindo boa parte das costas. Braços em que você possa apoiar os cotovelos para digitar ou escrever são recomendados, preferencialmente com niveladores para que você possa adaptar a altura de acordo com a necessidade. Rodas nós pés não são mais opcionais, mesmo porque precisará destas para movimentar a cadeira.

Uma coisa a salientar no caso de cadeiras: as mais baratas são realmente piores. Usam materiais mais baratos, não tem design ergonômico, não apresentam diferenciais e rapidamente terão de ser trocadas. Isso se você não tiver de trocar sua coluna antes. Prefira marcas de renome, mesmo que mais caras. Uma cadeira boa pode durar até dez anos, brincando e sem nenhum defeito. Escolha bem sua opção.

Ergonomia de trabalho

Existem muitas opções de cadeiras no mercado. Mas você deve escolher com cuidado a mais apropriada para você e que te dará conforto e uma postura correta de trabalho (Fonte: apartmenttherapy.com)

Para testar a que mais te agrada, na loja, sente nela e cheque se a postura natural que ela te força a ter é ereta, mesmo que você se sente um pouco relaxado. As solas de seus pés devem encostar totalmente no chão. Seus joelhos devem formar um ângulo de 90 graus com sua cintura. Seus braços devem fazer o mesmo para com a mesa, sendo obrigatório que o apoio de mão da cadeira não lhe force a abaixar o corpo para ficar em posição agradável. Fique na cadeira por uns dez minutos e analise se ela te deu algum desconforto. Qualquer um deles é sinal de que aquela cadeira não é ideal para você.

Existem na internet algumas calculadoras e esquemas que mostram a ergonomia e tamanhos certos para sua mesa e cadeira. Ao montar seu escritório ou na reforma do seu trabalho, apresente isso ao seu chefe e peça pelo melhor. Ficar sem a coluna funcionando direito é que você não pode, mas investir algum dinheiro em uma cadeira de boa qualidade fará toda a diferença.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.