A coisa mais legal do meu trabalho é que eu nunca trabalhei na minha vida. Parafraseando uma frase famosa, ela explica bem a essência de como deve ser um ambiente de trabalho: saudável, aconchegante (emocionalmente), divertido e cooperativo. Quando todos estes elementos estão juntos, raros serão os dias em que você terá que trabalhar, tornando realidade a frase do começo desse post. É ideal que trabalhando sejamos capazes de ter o mesmo conforto e calma que temos em casa. Quando isso não é possível por alguns dias, ok, faz parte. Agora quando isso vira algo constante, seu cansaço aumenta, suas energias são sugadas. Você se irrita com qualquer coisa, esquece da sua vida social, deixa a diversão de lado e, muitas vezes, acaba descontando as frustrações nas pessoas que mais se importam contigo.

Esses são alguns dos sintomas do estresse. Assumir que estes sentimentos e sensações são partes inerentes do trabalho é muito errado. Como disse Steve Jobs certa vez, acordar um dia pensando que não queria fazer o seu trabalho é normal. Mas se isso se repetir constantemente, há algo errado nisso.

O mercado está exigindo muito do trabalhador. Crise, competitividade, aumento da lucratividade, copa do mundo. Cada ano as empresas darão um nome diferente para as oportunidades. Você acaba ficando no meio do fogo cruzado. E o stress aparece.

Estresse no trabalho

Seja no trabalho, na vida pessoal ou nos estudos, o Estresse acaba com sua saúde e pode facilmente destruir um indivíduo. (Fonte: Wake Up World)

Mas como resolver isso? Como lidar com essa pressão e cobrança? Como assumir que estou doente? Como relaxar fora do ambiente de trabalho?

Abaixo, seguem algumas das causas mais comuns de estresse no ambiente de trabalho, como previnir e possíveis soluções:

Novo Ambiente/Novos Trabalhos/Novo Grupo/Novo Cargo

Quando lidamos com uma situação nova, é muito comum ficarmos exaustos sem motivos aparentes. As novas tarefas são difíceis de automatizar. Em casos extremos, até pensamos em desistir. Esteja ciente de que esse cansaço é algo natural e uma reação natural do seu organismo. O seu cérebro está trabalhando incessantemente para apreender novos comportamentos e estratégias. Essa exaustão é seu corpo pedindo por repouso e relaxamento para ele ter tempo e capacidade de assimilar informações.

Já sabemos o quão importante é praticar exercícios físicos. Eles são uma das formas de prevenir o estresse e nesse contexto, relaxar seu corpo e melhorar sua motivação com a liberação de endorfinas.

Durante as primeiras semanas na nova situação, aumente seu tempo de descanso. Durma mais e com qualidade. Reagende tarefas e encontros para outros dias. Peça ajuda para amigos, parentes ou sua esposa/esposo nas tarefas de casa. Algumas sessões de massagem e/ou meditação podem ajudar no relaxamento. O foco aqui é fazer o mínimo possível fora do ambiente de trabalho, maximizando o tempo de descanso e otimizando o aprendizado de novos comportamentos.

Fechamento de Mês/Metas

Bater metas e fechamentos financeiros no fim do mês são comuns no trabalho. Estamos acostumados a deixar tudo ou quase tudo para última hora. Se você não organiza suas tarefas de trabalho ou não estabelece metas semanais/diárias, a chance é de que todo fim de mês você vá passar por picos de estresse. Se você já está nesse ponto, não adianta. A solução é basicamente a mesma que a de um novo ambiente de trabalho: descanse. Mas assim que a situação acalmar, planeje melhor sua próxima virada: se você for um contador, organize os impostos e contas que deve pagar. Professores, corrijam trabalhos e provas antes do fim do mês e separe uma quantidade definida por dia. Analise o que deu errado nessa virada e procure novas soluções. Um ambiente organizado e com objetivos não acumuladod é muito mais produtivo e prazeiros.

Colegas de Trabalho/Chefe

Alguns colegas de trabalho são um problema. Chefes então, na maior parte das vezes, piores ainda. Lidar com pessoas demanda mais da sua disposição em mudar do que dos outros. Aceitar algumas brincadeiras, descobrir algo que seus colegas de trabalho gostam e conversar sobre isso com eles, aprender a ceder e concordar em alguns momentos com eles. Lembre-se também que um novo funcionário deve quebrar resistências, reações naturais e mecanismos de defesa quanto à chegada no ambiente de trabalho. Sair para uma boate ou happy hour pode mudar completamente o clima do ambiente de trabalho, criando laços de amizade que são essenciais em um ambiente saudável.

Quanto a seu chefe, tente entender mais vezes os motivos de tantas cobranças. Assim como você, ele também é um funcionário com metas a cumprir. Conversar com ele e convidá-lo para sair também são opções.

Em ambas situações, extremos também podem ocorrer. Nestes casos, é caracterizado o assédio moral. Mantenha provas de tudo, busque um novo emprego, converse com um advogado e não deixe o criminoso impune.

Poluição Sonora e/ou Visual

Escritório Desorganizado - Poluição Visual

A desorganização causa uma poluição visual desnecessária, pois quanto mais informações, menos focado você conseguirá ficar em seu ambiente de trabalho. (Fonte: MaxTips!)

Quando viajamos para praias ou fazendas, ficamos chocados com o quanto conseguimos relaxar. Um dos principais fatores para que isso aconteça é a ausência de poluição sonora e visual. No dia a dia, o som dos carros, as propagandas espalhadas pelas ruas, conversas, música alta. Essa quantidade de informações sobrecarrega seu cérebro. E ele precisa de um tempo pra assimilar isso sem pifar.

Para criar um ambiente limpo, a primeira dica é manter seu espaço organizado e com o mínimo de informações possível. Organize as pastas de seu computador, os papéis em sua mesa e a forma como distribui os móveis de forma a criar um ambiente eficiente e com apenas o necessário. Ouvir música antes, durante ou depois do trabalho ajuda também a limpar a cabeça de barulhos estressantes.

Quando a situação estiver muito pesads, opte por comprar protetores auriculares ou fones de ouvido, tirando 10 a 15 minutos do seu expediente para utilizá-los como relaxamento. Exercícios de respiração e meditação podem complementar essa solução.

Doenças

Ficar doente é muito ruim. Ficar doente e ter que trabalhar é pior ainda. Os finais de semana não são suficientes para o repouso e quando você se recupera, parece que acabou de ser atropelado por um caminhão, tão cansado você fica.

Se você tiver a opção de ficar em casa pelo menos um dia de repouso, fique. Converse com seu chefe e faça-o entender que você precisa desse descanso para conseguir trabalhar no dia seguinte. Caso o repouso não seja possível, beba muita água durante o expediente. Não tente se entupir de remédios. Busque soluções como vitaminas, uma alimentação melhor. Sua baixa imunidade nesse momento pode ser inclusive devido a má alimentação. Portanto, é hora de repensar nos seus hábitos não saudáveis e seu sedentarismo.

Quando chegar em casa do trabalho, descanse e cancele as atividades extras da semana para dar tempo ao seu organismo de curar a doença. Se ela persistir, talvez o estresse seja outra causa da sua baixa imunidade. Procure o que está te fazendo mal e busque soluções, senão você irá viver doente.

Problemas Familiares

Discussões, brigas, problemas financeiros, filhos ou conjugês doentes. É muito difícil separar problemas pessoais do trabalho. O que recomendamos é ser muito sincero com seu chefe e colegas de trabalho nesse momento. Deixe claro que está passando por problemas pessoais e precisa de ajuda. Os amigos também são uma boa para o desabafo e aliviar a pressão dos problemas. Mas não tente fugir deles: clareie suas idéias, encontre soluções e converse para acabar com o problema. O diálogo é a alma das soluções. Tente lembrar-se que qualquer relação tem dois lados e ambos devem ser respeitados.

Solidão

Solidão

O ser humano não foi feito para viver sozinho para sempre. Somos essencialmente seres sociais. A busca de relações não deve ser o propósito final, mas um dos meios de melhora na qualidade de vida. (Fonte: Qoutes of Ur Heart)

Ficar sozinho as vezes é bom. Mas o tempo inteiro, é um problema. É muito importante ter uma vida social. Com seus amigos e família você compartilha histórias, problemas. Encontra soluções para os mais diversos casos, chora, ri, sai para baladas, faz viagens, compartilha hobbies. Nomeie alguma coisa e vai sempre ter um amigo te esperando para fazer esse algo contigo.

Mesmo no trabalho mais pesado, busque as amizades em seu tempo livre. Já teve dias em que, mesmo exausto, encontrei com meus amigos e descansei muito mais do que teria se tivesse ido para casa dormir.

Se você tem dificuldade para fazer amigos, use a internet e redes sociais. Vai sempre existir alguém que compartilha dos mesmos gostos que você, por mais estranhos que sejam. E se identificar em um grupo, sabendo que não está sozinho faz muito bem para sua saúde.

Luto

Certa vez, indo para o trabalho, fiquei sabendo que um amigo morreu. Chorei no caminho e, ao chegar em sala de aula, conversei com meus alunos e pedi desculpas aos meus alunos caso a aula fosse ruim. A aula acabou sendo uma terapia.

Muitos de nós usamos o trabalho como válvula de escape. Para alguns momentos, isso é bom. Se isso é frequente, você mostra sintomas de um workhaholic e precisa de ajuda.

O luto é um dos problemas mais difíceis de se enfrentar no trabalho, principalmente se for alguma pessoa muito próxima. Tire alguns dias para se acostumar com a idéia da perda. Quando possível, peça ao chefe o adiantamento de suas férias. Peça a algum colega de trabalho a troca de datas de férias ou que ele cubra seu trabalho por uns dias.

Cada um vai lidar com o luto de uma forma diferente. É muito importante respeitar esse momento e lembrar sempre que a vida continua. Por isso, chore, esperneie, passe raiva, lembre dos bons momentos com essa pessoa, compartilhe histórias e bola pra frente.

Acúmulo de Tarefas

Decidiram demitir um dos funcionários de deu setor e você ficou sozinho. Como você ”deu conta” do trabalho, decidiram não contratar alguém para substituí-lo.

Fulano saiu de férias, deixou as tarefas dele para você fazer mas não deixou nenhuma indicação de como.

Mais uma vez você deixou tudo para última hora e acumulou com o trabalho que você já tinha postergado no mês anterior.

Todos são exemplos comuns no ambiente de trabalho. No primeiro caso, é importante deixar claro aos seus superiores que, apesar de conseguir fazer todo o trabalho, sua saúde está deteriorando e você precisa de mais alguém contigo. Não tente bancar o super herói para mostrar serviço. No curto prazo, isso é muito eficiente. Mas no longo resultará em um trabalho mal feito e que pode levar a sua demissão.

Já os outros dois problemas e muitos outros dependem de sua organização. Nunca deixe para o amanhã o que você tem tempo para fazer hoje. E nem deixe que seus colegas de trabalho sejam desorganizados. Prepare um grupo de perguntas para quando um colega for sair de férias e deixe os trabalhos para você: alguma das tarefas tem prazo? Onde estão os documentos necessários? Quais são as pessoas que devo contatar e onde estão os dados delas? Qual sua agenda para estas tarefas? Quais são as mais urgentes? Apesar de parecer algo chato, essas perguntas irão protegê-lo de pessoas desorganizadas e ajudar a melhorar a qualidade de seu trabalho.

A procrastinação no ambiente de trabalho é muito comum e a maior causa de trabalhos mal feitos. Comece hoje organizando a prioridade de suas tarefas e a complexidade de cada uma. Dê um número de um a três para cada um dos dois quesitos. As mais importantes e complexas, comece fazendo pequenas partes todos os dias, sem tentar terminar tudo de uma só vez. As medianas, reserve um espaço de tempo diário para conseguir terminá-las. As fáceis, não deixe para amanhã pois são exatamente elas que, quando acumuladas, atrapalharão sua vida e resultarão no acúmulo de tarefas.

Frustração

O trabalho é estressante, você está em um cargo que não gosta, seu chefe é exigente demais, seus colegas de trabalho são muito competitivos, seu trabalho não é reconhecido. A frustração tem muitas causas. E sua solução muitas vezes envolve elementos muito delicados.

Em muitos casos, você não tem como fugir do ambiente de trabalho porque precisa do dinheiro. Porém, continuar nessa situação vai acabar com você.

Se você tem certeza de que essa é a carreira certa para você, então talvez seja hora de começar a distribuir currículos em outras empresas. Existem vários sites para te ajudar nisso, além de jornais e revistas com ofertas de vagas. Se o caso é o oposto, e você descobriu que essa não é a carreira que deseja, planeje sua mudança de árra com calma. Talvez fazer um novo curso técnico ou superior acabe sendo uma solução muito gratificante.

Uma mudança de área dentro da própria empresa é uma solução também comum para aqueles que estão insatisfeitos. Você pode descobrir tarefas e assuntos que te deixam muito mais felizes do que em seu cargo antigo.

Já a competição, quando vem junto com a cooperação, pode ser benéfica para todos. Demonstre em seu ambiente de trabalho o que todos tem a ganhar com a cooperação, criando um ambiente saudável e criativo ao mesmo tempo.

 PENSAMENTOS FINAIS

Relaxamento no trabalho

Seja no trabalho ou em casa, momentos de relaxamento onde você não pensa em mais nada além do descanso em si, são essenciais para a saúde. (Fonte: Raider Check-Up)

Como podemos ver, o diálogo, hobbies e os momentos de descanso são as soluções mais comuns e óbvias para o estresse. Por isso, lembre-se sempre de valorizar esses momentos e se desligar da tomada do trabalho quando fora dele. Arrume um bichinho de estimação para te fazer companhia. Busque seus amigos sempre. Compartilhe bons momentos com sua família. Você não está sendo pago para acabar com sua vida e nem dar ela para seu empregador.

Use o trabalho com moderação, alegria e sabedoria.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.