As diversas plantas naturais com características medicinais existentes, fazem com que o consumo de chá destas ervas e plantas naturais seja um ótimo aliado para o nosso organismo. Os chá são excelentes opções para promover inúmeros benefícios à nossa saúde.

Hoje vamos falar do chá de marcela, se você nunca tinha ouvido falar da marcela, estamos falando de uma planta nativa do Brasil que também é conhecida como:  macela-do-campo, macelinha, macela de travesseiro, carrapichinho-de-agulha e camomila nacional.

Assim como diversas plantas naturais, as suas propriedades medicinais são bem conhecidas e certamente você está em grupo que vamos citar ou conhece alguém que se enquadra nestes grupos. Se sim, indique esta informação para estas pessoas.

Quais os benefícios do chá de marcela?

  • Alivio do estresse e da ansiedade
  • Reduz a queda dos fios de cabelo
  • Reduz as cólicas intestinais
  • Regula a menstruação
  • Combate a diarreia, disenteria
  • Combate a azia e dores de estomago
  • Controla as contrações musculares bruscas
  • Melhora a digestão
  • Combate as disfunções e perturbações gástricas
  • Ajuda no tratamento de epilepsia, cefalalgia, reumatismo e impotência
  • Reduz a retenção líquida
Quais os benefícios do chá de marcela?

Tudo sobre o chá de marcela

Diversas doenças e complicações da saúde também são tratados com a ingestão do chá de marcela regularmente. São elas:

  • Cálculo biliar
  • Dores de cabeça
  • Espasmos
  • Febre
  • Inflamação
  • Lavar feridas
  • Úlceras
  • Má digestão

Uma informação importante quanto aos benefícios do chá da marcela é que eles só serão adquiridos se a infusão for realizada a partir das flores desta planta. Na sequência do artigo vamos te ensinar uma receita que pode ser tanto bebida quanto utilizada de maneira externa.

Ingredientes do chá de marcela

  • 2 xícaras de chá das flores de marcela
  • Meio litro de água

Modo de preparo

Se for beber o chá você deve realizar uma infusão de duas xícaras pequenas das flores para meio litro de água. A indicação é que você tome no máximo 6 xícaras por dia e sempre após alguma refeição.

Se o uso for externo, realize uma infusão de 30 gramas das flores para um litro de água. Depois você deve aplicá-lo em compressas de 3 a 4 vezes ao dia para lavar feridas, úlceras e até para tirar chulé dos pés.

Você também pode utilizar esta mesma infusão como aromatizador e deixar o ambiente mais leve, favorecendo um sono de mais qualidade, para potencializar este efeito, coloque algumas folhas de marcela no travesseiro.

Quais os princípios ativos da planta marcela?

  • Óleo essencial
  • Óxido de cariofileno
  • Flavonoides
  • Ácidos polifenólicos
  • Ésteres de coleriantina
  • Ácido clorogênico e isoclorogênico
  • Derivados da fenilpirona e morina
  • Compostos acetilênicos, luteolina, monoterpenos, canfeno e mirceno
  • Saponinas
  • Substâncias amargas, lactonas e taninos

Quais as contra indicações do chá de marcela?

Este chá não aconselhada para as pessoas que estejam fazendo tratamento com quimioterapia. As pessoas que são alérgicas aos componentes dessa planta também não devem fazer uso do mesmo de maneira alguma.

Os diabéticos precisam ter atenção redobrada, eles podem sim fazer uso do chá de marcela, mas é importante informar que o mesmo tem efeitos hipoglicemiante, ou seja, os diabéticos precisam ter cuidado e acompanhamento quando ingerir esta planta.

As pessoas que estejam sobre efeitos de remédios sedativos, analgésicos e barbitúricos também devem ter atenção redobrada quando for ingerir o chá de marcela. Estas pessoas devem consultar o seu médico e conversar sobre a ingestão ou não deste chá.

Para finalizar vamos alertar novamente sobre a necessidade de consumir o chá com consciência. Mesmo com todos os benefícios, o consumo excessivo do chá fará com que todos os benefícios sejam perdidos e transformados em riscos para a nossa saúde. A prevenção é sempre o melhor caminho.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.