Os termos valgo e varo referem-se a angulação (ou curvatura) dentro do eixo de um osso ou de uma articulação. A terminologia não é usada apenas para o calcâneo. Você verá médicos e outros profissionais da saúde (como fisioterapeutas, acupunturistas, massagistas, osteopatas) usando esses termos também para joelhos, notadamente.

Calcâneo valgo e varo: definição

A parte distal dos pés é a parte que se distancia mais da massa central do corpo. Essa parta pode ser mais centralizada e equilibrada, distribuindo o peso do corpo normalmente, ou ter alterações.

Quando a alteração na parte distal é mais lateral, ou seja, o centro da linha de distribuição de massa do corpo vai mais para a lateral, o calcâneo é valgo. O calcanhar tende a ter uma pisada supinada, para fora.

Sempre que a parte distal é mais medial, com a linha de distribuição do peso voltando mais ao meio, é chamado de varo. O calcanhar tende a ter uma pisada pronada, para dentro.

A ilustração abaixo mostra um pouco como é a diferença entre o calcâneo valgo e o varo. Perceba que até o calcanhar, a linha de distribuição de peso corporal segue normalmente. A partir do calcanhar é que ela tem sua mudança de direção, causado pelo calcâneo valgo ou varo.

Consequências do calcâneo valgo e do calcâneo varo

O calcâneo valgo e o calcâneo varo são pequenas alterações ósseas que alteram a maneira de pisar e a distribuição de peso de um indivíduo, o que pode resultar em algumas dores nos pés, articulações das pernas, coluna, e até dores de cabeça. (Foto: shiatsunoramassoterapia.blogspot.com)

Minha experiência com calcâneo valgo e varo

Tenho calcâneo valgo, diagnosticado através de uma simples ressonância magnética (não precisa ter medo), após eu ter passado um período sentindo muitas dores nos pés. Estava também com sobrepeso, usando calçados inadequados, e sedentário, o que contribuiu para o aumento das dores nos pés, na parte interna. Suponho que quem tenha o calcâneo varo sinta mais dores na parte externa do calcanhar.

Diagnóstico de calcâneo valgo e varo

O especialista médico com o qual você deve se consultar é o ortopedista, preferencialmente um com especialização no tratamento de membros inferiores. Um fisioterapeuta pode ser consultado, em um segundo momento, bem como um osteopata, para os adeptos da medicina alternativa.

Tratamento do calcâneo valgo e varo

Para casos graves, pode ser indicada a cirurgia. Um pé recebe a cirurgia primeiro, 90 dias depois, é realizada a cirurgia no outro pé (já que o primeiro pé tem que ficar 90 dias sem encostar no chão). Depois, fisioterapia para tratamento.

Em casos leves, a perda de peso e o fortalecimento da musculatura através da prática de exercícios físicos de baixo impacto podem ser o único tratamento necessário, em conjunto ao uso de palmilhas e calçado apropriado para seu tipo de pisada.

Andar descalço na grama e em terreno irregular também ajuda no tratamento, bem como correr descalço na areia.

Uma dica: lojas de produtos ortopédicos cobram bem mais barato do que fisioterapeutas para fazer palmilhas ortopédicas. Peça ao seu ortopedista uma receita de palmilha. Se você faz questão da palmilha feita por um fisioterapeuta, então prepare seu bolso.

Você tem problemas com calcâneo valgo ou varo? Como é seu tratamento?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.