Alimentação e treinamento são as palavras chaves dos atletas. A preocupação com a dieta alimentar rica em alimentos integrais é impressionante. Mas porque existe tanta preocupação com a alimentação? O que estes alimentos têm de tão importante? As respostas estão neste artigo.

Certamente já ouviu falar que os alimentos integrais são mais nutritivos do que os refinados. Isso é justificado pela quantidade maior de fibras, principalmente as vitaminas do complexo B e os minerais: fósforo e ferro.

Estudos da American Dietetic Association apontam os benefícios de quem tem ingestão correta de fibras em sua alimentação diária, por exemplo:

  • Diminuição do colesterol
  • Prevenção da constipação
  • Aumento da saciedade
  • Redução do risco de diabetes tipo 2
  • Redução de desenvolver doenças cardiovasculares
  • Prevenção e tratamento de diverticuloses
  • Tratamento do diabetes tipo 1
  • Prevenção de vários tipos de câncer

A quantidade aconselhada de consumo de fibras diárias deve ser entre 25 a 35g. Os alimentos que contem fibras são vários, entre eles estão: frutas, verduras e legumes e produtos integrais como arroz integral, macarrão integral, biscoitos integrais, etc.

Não só para os atletas, mas para qualquer pessoa, a dieta rica em fibras e proteínas deixando de lado o consumo exagerado de carboidratos é capaz de proporcionar ao corpo condições de um melhor funcionamento.

Seria óbvio dizer que os atletas de alto nível precisam de toda condição que seu corpo pode oferecer. Surge daí a importância da alimentação neste processo de evolução e desempenho. Na seqüência do artigo, listamos os 10 alimentos mais importantes para os atletas.

Leite e iogurte desnatados

  • São extremamente ricos em água, cálcio, proteínas de alta qualidade, vitamina A e D, fósforo. O ideal é beber pelo menos um copo grande de leite ou iogurte pela manhã, outro no período da tarde e mais um no período da noite. Também é indicado a ingestão de queijos brancos e requeijão nos lanches intermediários.

Banana

  • A fama da banana é antiga entre os atletas. Rica em carboidratos, vitaminas do complexo B e principalmente potássio. É um alimento perfeito para os lanches rápidos. A banana poderá ser ainda mais interessante em caso de ingestão misturada com algum cereal, por exemplo: aveia, granola ou linhaça!
Porque comer alimentos integrais?

Qual a importância das fibras na alimentação?

Peixes

  • A carne branca é leve e facilita a digestão, além de ser detentora de gordura boa, algo que é muito raro entre os alimentos de origem animal. Os peixes são alimentos altamente protéicos.

Aveia

  • A prova de que podemos sim ingerir carboidrato, mas desde que sejam de baixo índice glicêmico, representando um tempo maior para virar glicose no sangue, evitando o acúmulo de gordura. A aveia é extremamente rica em fibras, vitaminas e minerais.

Azeite de oliva

  • Componente rico em gorduras monoinsaturadas, as famosas gorduras boas que não se acumulam nas artérias. Outra vantagem das gorduras monoinsaturadas são que elas podem fornecer energia e produzir hormônios. O azeite de oliva também conta com vitamina E, que tem uma ótima função antioxidante.

Peito de frango

  • Alimento rico em proteína e de digestão bem rápida. Porque o peito de frango é tão saudável? A resposta é: 0% de gordura, 0% de carboidrato e baixo sódio. A melhor maneira de consumir peito de frango é grelhado ou ao molho de tomate. Jamais frito, à parmegiana ou à milanesa, etc, porque são modos de preparo que engordam muito o alimento.

Oleaginosas

  • As gorduras provenientes das oleaginosas são ótimas e as chances de se acumular como gordura localizada é muito pequena. A quantidade ideal para obter somente os benefícios é de 30 a 50 g diárias.

Batata doce

  • Alimento também muito famoso entre esportistas e atletas devido à sua alta quantidade de fibras e por ser rica em vitamina A. Excelente opção para quem precisa aumentar a ingestão de carboidratos em seus cardápios, mas não quer ganhar gordura abdominal.

Massas

  • Por mais absurdo que pareça, os atletas como os de futebol, por exemplo, precisam de um valor alto de carboidrato estocado, sendo assim, existe a necessidade de consumir alimentos como: macarrão, panquecas, pizza, nhoque ou lasanha. Claro que esta ingestão é controla e em pequenas quantidades.

Ovos

  • Há muito tempo o mito de que ovo faz mal à saúde caiu por terra, entre as afirmações que sustentavam esta mentira, estavam: que ovo engorda e que aumenta o colesterol. Devemos alertar que realmente a gema tem uma quantidade alta de colesterol, mas o que aumenta o nosso colesterol não é a gordura existente no ovo, e sim a gordura saturada. Vamos falar agora da clara do ovo que não possui nada de gordura e ainda é rica em albumina que é uma das melhores proteínas existentes.

Chegando ao final deste artigo devemos alertar que qualquer dieta em excesso é maléfica, sendo assim, é importante buscar sempre a opinião de profissionais antes de iniciar qualquer projeto deste tipo.

Queremos agradecer a atenção de todos e esperamos ter explicado de forma clara e objetiva a importância da alimentação para os atletas. Agradecemos a atenção e convidamos para ler mais artigos em nosso site, existem muitas dicas de alimentação, Informações sobre exercício físico e receitas naturais. Seja sempre muito bem vindo!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.