O amaranto é um grão de 8.000 anos de idade que já foi base de dietas astecas. A planta amaranto está relacionada com acelga, quinoa , beterraba e espinafre produz milhares de sementes minúsculas que, na verdade, compõem este produto parecido com um grão como o arroz. Embora não seja comumente usado em dietas brasileiras, está ganhando em popularidade por causa de seu valor nutritivo extraordinário. Suas folhas também são muito usadas em receitas para um valor nutricional mais rico.

Vale lembrar antes de falar qualquer coisa sobre o amaranto: nunca comece uma nova dieta sem consultar um nutricionista ou seu médico. Leve estes dados para seu nutricionista ou médico e veja se você pode ou não acrescentar este item em sua dieta.

Amaranto: Propriedades

Por copo, o amaranto contém 251 calorias e apenas 4 g de gordura, nenhuma das quais é saturada. Ele oferece 29 por cento da ingestão diária recomendada de ferro, com base em uma dieta de 2.000 calorias, e 12 por cento para o cálcio. Ele é rico em magnésio, com 40 por cento da dose diária e 36 por cento da dose diária recomendada de fósforo. Uma xícara de amaranto também oferece 105 por cento da dose diária para o manganês, que funciona como um antioxidante e desempenha um papel no metabolismo energético, saúde óssea e cicatrização de feridas.

Amaranto emagrece?

O amaranto fornece 5 g de fibra por copo. A recomendação é que as mulheres consumam 25 g de fibra por dia e 38 g por dia para os homens. A fibra ajuda com a saúde digestiva e pode fazer você se sentir mais cheio após as refeições, enquanto controla os níveis de açúcar no sangue. Desta forma, você ataca dois problemas de quem quer emagrecer (açúcar no sangue e comer demais), concluindo que o amaranto ajuda no processo de emagrecimento.

Um vegetal cheio e nutrientes

O consumo do amaranto pode ser uma ótima opção para quem quer diversificar a dieta com grãos integrais e mais saudáveis. (Foto: divulgação)

Amaranto: Quinoa e Trigo

O amaranto contém quatro vezes o cálcio encontrado no trigo e duas vezes a ferro e magnésio. Também é rico em vários aminoácidos, especificamente lisina, metionina e cisteína e, como resultado, o amaranto é uma proteína mais completa do que muitos outros tipos de grãos. É também mais completo que a quinoa e pode ser a opção para quem não gosta da quinoa na dieta.

Amaranto: Benefícios

O amaranto é livre de glúten, tornando-se a farinha alternativa para quem sofre de doença celíaca, pois deve evitar trigo, cevada e centeio. Amaranto conta como um grão integral e natural e seu consumo ajuda na regulação do sistema digestivo.

Amaranto: Receitas

O amaranto é muito versátil em seus usos: ele pode ser cozido como um cereal quente ou misturado com outros grãos como o arroz. A farinha de amaranto farinha pode ser substituída em uma parte ou a totalidade da farinha de trigo nas panquecas ou bolos. O grão pode também ser colocado no forno para fazer um snack crocante. Você pode usar as folhas para chás, sopas e molhos deliciosos e nutritivos.

Assim como a quinoa, as receitas que são usadas para o arroz também funcionam para o amaranto, bastando apenas substituir o arroz pelo amaranto. Você pode ainda juntar parte de amaranto e parte de quinoa para uma receita inovadora, saborosa e nutritiva.

Por que vocês também não compartilham receitas com o amaranto nos comentários abaixo? Queremos ouvir as sugestões de vocês e como vocês preparam este delicioso e saudável grão que ajuda no emagrecimento e na saúde melhor.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.