Certa vez, comer em excesso foi considerada um transtorno alimentar decorrente de problemas emocionais. Este problema era tratado através de psicoterapia ou aconselhamento. Hoje em dia, porém, verdadeiro vício em comida é reconhecido como uma condição bioquímica, que cria um desejo por alimentos específicos. Este desejo é semelhante ao que um alcoólatra sente pelo álcool.

Embora não haja uma causa biológica, os sinais de dependência de alimentos se manifestam com sintomas emocionais e biológicos. Identificar estes sintomas podem te ajudar a procurar a ajuda médica profissional em busca de uma vida mais saudável.

Segredos e o vício em comida

Tal como acontece com muitos tipos de vícios, dependência alimentar “vive” no engano e isolamento. Um viciado em comida, muitas vezes evita falar sobre comida, o ato comer ou seu próprio peso ou de pessoas que ele conheça. Ele também pode encobrir os padrões de ingestão excessiva para que os outros não percebam a quantidade de comida que estão consumindo, acabando por comerem escondidos.

Enganando a si próprio e aos outros

Um viciado em comida, não só engana os outros como também engana a si mesmo. Ele vai racionalizar seus hábitos alimentares e dar desculpas para a quantidade de alimentos ingeridos. Viciados em comida em níveis mais avançados podem até roubar comida ou roubar dinheiro para comprar comida.

Explicando o vício em alimentos

O prazer em comer em excesso pode ser o sinal de muitos problemas graves de saúde que estão por trás do vício em comida. (Foto: www.personal.psu.edu)

O lado emocional no vício em comida

Outro sinal de vício em comida é a compulsão alimentar quando sente diferentes emoções, como estresse, chateação, mágoa ou raiva. Inicialmente, comer pode ser reconfortante, mas os problemas emocionais podem entrar em uma espiral descendente em sentir-se culpado e triste sobre o quanto eles comeram para acalmar as suas emoções.

Desconforto após comer

Um sinal físico de dependência alimentar é comer até o ponto de desconforto. Constantemente comer até se sentir como se estivesse estourando é um sinal de que você não pode controlar o quanto você deve comer em uma refeição.

Problemas com o controle de peso

Viciados em comida tem várias formas e tamanhos. No entanto, uma semelhança que eles têm é a tentativa de controlar seu peso, sem uma solução permanente. Aqueles que são obesos podem tentar dietas radicais ou drogas, mas nada funciona. Outros acabam com transtornos alimentares, como bulimia ou anorexia, formas drásticas para controlar o peso.

Perguntas a fazer para identificar o vício em comida

Se você está preocupado que você é um vício em comida, pergunte a si mesmo estas cinco perguntas:

Você falhar em tentar controlar a sua alimentação?

Você esconde comida ou come demais em segredo?

Suas emoções te fazem comer?

Você se sente culpado depois de comer?

O excesso de peso afeta sua qualidade de vida?

Se você responder sim para qualquer uma das perguntas acima, é importante que você procure um médico o quanto antes para te orientar sobre soluções permanentes ao seu problema. O tratamento deve ser realizado em conjunto por um psiquiatra, um médico especializado em problemas de peso, um psicólogo e um nutricionista. Dessa forma, você garante que sua luta contra o vício em comida seja uma vitória permanente e você não tenha que sofrer mais com este mal.

Você já teve problemas em comer demais? Como você resolveu este problema? Compartilhe nos comentários sua vivência.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.