Viver dentro do orçamento apertado está na mente de todos hoje em dia. A boa notícia é que a perda de peso não tem de significar gastar mais dinheiro. Na verdade, enquanto você faz a sua cintura encolher, você pode fazer a sua carteira mais gorda! Aqui estão algumas maneiras fáceis de perder peso sem ter que ficar gastando fortunas com academias, novos alimentos entre outros.

Coma mais em casa

O brasileiro típico gasta centenas de reais por mês comendo fora. Você vai fazer ao seu orçamento e à sua cintura um grande favor por comer em casa com mais freqüência. Com o dinheiro que você come fora algumas vezes em uma semana, você terá gasto dinheiro suficiente para comprar os ingredientes para várias refeições. O que isso tem a ver com a perda de peso?

Quando você prepara a sua própria comida, você está no controle completo do método de preparação, gorduras adicionadas, as calorias extras e do tamanho da porção. Além disso, você não vai tentar “compensar os gastos” por comer uma grande porção ou fazer outra viagem naquele buffet, para não falar que você não poderá ser tentado por um cardápio de sobremesas em casa!

Procure por descontos em produtos mais saudáveis

A melhor maneira de não gastar dinheiro é gastar de forma inteligente. Está pensando em tentar um novo produto na dieta? Os fabricantes muitas vezes dão descontos e promoções para gerar interesse nestes novos produtos. Além disso, a visita na feirinha local vai te dar acesso a muitos produtos naturais, com poucas calorias e muito mais baratos. Com alimentos mais nutritivos, sua carteira começa a engordar porque você vai gastar mais fortunas naqueles petiscos gordurosos.

Considere comprar comida tamanho família

Pacotes de alimentos tamanho família duram muito mais tempo, desde que conservados apropriadamente. Praticamente tudo pode ser congelado hoje em dia e conservado por meses. Comprando pacotes de comida tamanho família você economiza e deixa de gastar mais em pequenas porções do mesmo alimento por um bom tempo.

Economizar dinheiro para perder peso

Alimente sua riqueza com economias em uma alimentação saudável, não alimente a alimentação saudável com suas economias. Deu pra entender? (Foto: mbcalyn.com)

Pense duas vezes antes de comprar algo

Isto pode necessitar de uma pequena tentativa e erro. Ao passar por um produto no supermercado que você acha que precisa, vá para outro corredor e reflita sobre a escolha. Pense se você já não tem aquele produto ou se ele pode ser substituído por outras coisas que você tem em casa. Pense também em opções mais baratas. Quanto mais você pensar, menores serão as chances de você gastar (e engordar).

Pesquise vídeos gratuitos de exercícios

Sites de compartilhamento de vídeos, amigos que tem DVDs, sites fitness e muitas outras fontes disponibilizam vídeos gratuitos de exercícios para que você possa praticar sem ter que colocar a mão na sua carteira. Faça uma pesquisa, mas não deixe de visitar um médico e um educador físico antes de começar sua rotina para ter certeza que você não está fazendo nada de errado.

Caminhe mais

É um ótimo momento para começar a andar. Se você vive perto o suficiente para caminhar até lojas ou fazer tarefas do dia a dia, considere quanto dinheiro você vai economizar com transporte. Comece por caminhar cerca de 10 minutos a uma hora indo para as lojas mais próximas, por exemplo, antes de tentar uma caminhada de uma hora até o shopping center. Se motive a ir em mais de um supermercado para comparar preços e ver se você quer comprar alguma coisa porque precisa ou só porque está com desejo.

Se encha com feijão

O feijão é um ótimo custo-benefício: baixo teor de gordura e uma forma nutritiva de adicionar proteína e fibra adicional para as suas refeições, as quais irão ajudá-lo a se sentir mais cheio para evitar excessos. Olhe para os pratos que usam feijão como ingrediente principal ou adicione-os a alimentos que você já gosta, como saladas de feijão. Só não vá pensar que feijoada é um jeito de economizar e emagrecer!

Faça lanches inteligentes

Lute contra a fome da tarde fazendo seus próprios lanches caseiros em vez de ir até uma lanchonete. É muito mais caro para comprar do que simplesmente preparar em casa um sanduíche natural e uma fruta.

Beba mais água de um filtro

Com um reservatório de água reutilizável, você pode evitar abrir a geladeira e se tentar a comer os petiscos que nela estão. Além do mais, a desidratação apresenta sintomas que podem ser consumidos pela fome. Complementando, água é praticamente grátis em qualquer lugar do Brasil.

Prepare-se para o controle das porções

Por fim, não se esqueça de ir a um nutricionista e controlar o tamanho das suas porções. Converse sobre como ficará organizada sua dieta diária e sua alimentação. Controle as porções e coma apenas nos momentos em que o nutricionista recomendou, que geralmente é de 3 em 3 horas. Assim, garantimos que seu bolso e sua qualidade de vida melhorarão consideravelmente!

Como você economiza emagrecendo? Já tentou emagrecer sem gastar? Compartilhe sua experiência!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.