Ter filhos é uma grande decisão a fazer, pois afeta todo o resto de sua vida. Ela pode ser a melhor decisão do mundo, e um pouco esmagadora para alguns. Para as mulheres, experimentar a gravidez pode adicionar apreensão à mistura, mas a decisão é um passo importante, tanto para homens e mulheres. Considere o seu relacionamento, o que quer de sua vida, idade, felicidade e finanças quando decidir ter filhos.

Pergunte a si mesmo por que você gostaria de ter filhos, se você sentir que você quer. Se você sempre teve vontade de filhos, a decisão pode ser simples para você. Se você sente que ter um filho vai fazer você feliz, preencher um vazio ou salvar seu relacionamento, considere isso como bandeiras vermelhas. Você nunca quer se arrepender de ter filhos por razões erradas ou motivações negativas.

Considere o seu relacionamento. Ele fornece uma base sólida de apoio para trazer uma criança ao mundo? Relações fortes requerem indivíduos com conteúdo e que têm independência e conforto de um parceiro estável. Planejar uma família, uma vez que você tenha estabelecido um relacionamento forte, é vital para o futuro da sua família.

Pense em sua saúde. Como um pai potencial, pergunte ao seu médico o que deve ser considerado se você quiser começar uma família. Se você é mulher, pode haver mais itens a considerar.

Avalie o seu estilo de vida atual. Você e seu companheiro compartilham uma vida com apenas dois de você? Você está pronto para algo mais, ou você está feliz com a vida do jeito que ela é? Contemple as maneiras sua vida vai mudar com uma criança e determine como essas mudanças te fazem sentir.

Escolhendo o momento de ter filhos

Com planejamento, conversa e organização, você consegue ter um filho no momento certo e aproveitar essa fase tão importante na vida de uma pessoa. (Foto: offbeatfamilies.com)

Considere a sua idade e a de seu parceiro. Se houver quaisquer riscos para a saúde por causa de sua idade, pense sobre esses riscos. Pense sobre a energia necessária para criar um filho, e se este cenário é positivo para você enquanto você ficar mais velho. Se houver muitos riscos para a saúde, por que então não pensar na adoção?

Considere a finanças e como a criança seria tomada cuidado uma vez nascida. Seria creche ser necessária? Será que um dos pais precisa ficar em casa?

Converse com seu companheiro sobre como cada um de vocês vê a vida quando o seu relacionamento avança. Se qualquer um de vocês tem sérias dúvidas, explore-as com mais detalhes. Todo mundo fica nervoso sobre se tornar um pai, mas extrema ansiedade pode ser um sinal de que a paternidade pode não ser o melhor caminho.

Nunca deixe que a pressão ou expectativas dos outros tomem decisões por você. Muitos casais acham que, especialmente depois de um casamento, família e amigos perguntam quando o primeiro filho vai chegar. Se você é feliz sem filhos, você merece desfrutar esta felicidade, sem pressão adicional. E talvez, até viver sem eles, se esta for a decisão que você tomar.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.