Quando você tem filhos, ninguém te explica como lidar com a rotina caótica de uma criança. Afinal, não existe um curso para isso. Você vai passar cada hora do dia se perguntando se é hora de dar comida para a criança, ou quando você trocou a fralda do bebê pela última vez. Você vai ficar exausto, confuso e estará sendo constantemente desafiado a melhorar suas habilidades de gestão do tempo.

Como organizar a rotina do bebê?

Você precisa colocar o bebê em uma rotina. Pode demorar um pouco e exigir uma boa dose de tentativa e erro, mas você vai chegar em uma rotina que combina com sua bebê e com você, na maioria das vezes. Paciência, compreensão, e uma boa dose de disciplina serão essenciais para essa organização.

Rotina para bebê: comece observando os padrões

A primeira coisa a fazer é dar a si mesmo uma folga. Do nascimento aos dois meses de idade, esqueça qualquer conceito de programação. Seu bebê vai ter uma rotina meio caótica, e ele vai dormir quando estiver se alimentando e se alimentará quando você pensa que ela deveria estar dormindo. Ele ainda está tentando se adaptar ao mundo fora do útero. Tentar fazer com que um bebê pequeno tenha um cronograma é uma receita para a frustração.

Na verdade, horários muito rigorosos podem ser prejudiciais, especialmente para bebês. Tentar manter um bebê nesta idade em um horário de alimentação que não permite que ela coma sempre que ela estiver com fome pode diminuir seu ganho de peso e seu desenvolvimento cerebral. Se você estiver observando o relógio, você pode perder as pistas para as necessidades reais do bebê.

Aos 3 ou 4 meses, no entanto, os ritmos internos de um bebê emergem com mais clareza. Seus sistemas são mais organizados, o que facilita a enxergar alguns padrões. Prestar atenção ao temperamento e tendências naturais do seu bebê é o primeiro passo para adicionar ordem ao seu dia. Pense em “rotina” ou “padrão” e deixe seu bebê assumir a liderança para controlar sua agenda.

Rotina de bebê

A rotina de um bebê tem que ser bem organizada para que a família tenha mais qualidade de vida e o bebê posa ter muito mais saúde. (Foto: BabyCentre)

Construa a rotina do bebê baseada nos padrões

Os bebês sabem como te avisar quando estão com fome, cansados, precisam de atenção ou precisam de algum tempo de silêncio, mesmo que seja só por meio de um choro. Seu trabalho é descobrir quando seu bebê tende a querer comer, dormir ou brincar, depois atender às suas necessidades e antes de perceber que ele está com fome, cansado ou entediado. Se você está observando indícios óbvios você está apenas reagindo ao invés de reforçar uma rotina.

Uma boa maneira de entrar em contato com o relógio biológico do seu bebê é manter um diário onde você pode notar quando ele começa a mexer para buscar cuidado ou mostra sinais de sonolência, bem como a que horas do dia ele está mais alerta. Então você pode começar a antecipar suas necessidades com antecedência e construir uma programação diária a partir daí. Se você perceber que ele começa a chamar por comida às 11:00 da manhã, por exemplo, você pode começar a se preparar para cuidar dele um pouco antes disso.

Por exemplo, seu filho pode começar a esfregar os olhos por volta das 20:30 todas as noites. Quando seu filho tiver 7 meses de idade, você vai desenvolver uma rotina regular de dormir ao redor dese horário. Toda noite então, você var dar a ele um banho, ler um livro, alimentá-lo, então ele vai para a cama. Você pode começar essa rotina às 19:30 para que às 20:30 ele já esteja enrolado com seu brinquedo favorito e pronto para dormir. Qual é a parte mais importante do cronograma vai depender do seu bebê e da sua situação. A hora de dormir regular é geralmente o mais importante para a maioria das mães e pais porque muitas vezes é a rotina mais difícil de estabelecer e mais desejada em ser criada. Mas se o seu bebê não está comendo bem ou ganhando peso, você vai querer fazer das refeições sua prioridade. Se você precisa prepará-lo para uma viagem adiantada para a creche, o ritual da manhã é no que você precisará focar.

Uma rotina geralmente irá construir outra. Como você pôde ver no exemplo acima, o horário de dormir da criança estabeleceu uma rotina de banho e alimentação com uma hora de antecedência. O mesmo vai valer para todas as outras rotinas. basta sempre pensar no que será preciso para executar uma rotina X ou Y com sucesso, e ir andando para trás para se programar.

Ajustes na rotina do bebê

À medida que seu bebê cresce, suas necessidades mudarão. Ela vai desde cuidados a cada três horas até comer três refeições por dia; do sono constante até a transformação em várias cochilos diários. e depois apenas um pequeno cochilo a tarde por dia. Cada pequena mudança pode exigir uma revisão de sua rotina. Por exemplo, uma soneca menor durante o dia pode significar que seu bebê precisará ir para a cama às 18:30 em vez de 20:00.

Se a família está viajando, ou se o bebê está ganhando a primeira dentição ou sofrendo alguma mudança, ele provavelmente mudará o horário. Um resfriado pode fazer o bebê demorar a dormir, e você pode ter que recomeçar toda a rotina quando seu bebê estiver bem novamente. Felizmente, leva apenas alguns dias para voltar ao padrão normal.

Claro, há momentos em que o cronograma deve ser firme. Se você é uma mãe ou pai que trabalham, a menos que você tenha assistência em casa, seu filho terá que se ajustar a uma rotina que permitam que vocês saiam da casa a tempo. Mesmo assim, você pode ser flexível sobre como a manhã corre antes de ir. Isso pode significar levantar todos os dias um pouco mais cedo para dar-se um pouco de espaço para ajustes.

Você também terá que levar essa programação da manhã em consideração para sua noite. Se você está acordando seu bebê cedo pela manhã, ele pode estar pronta para ir para a cama às 18:30. Isso não deixa muito tempo para as coisas além de um jantar rápido e um banho entre o momento em que você a acorda e quando ela vai para a cama. Se o seu filho está cansado no final do dia, não o mantenha acordado só porque você quer vê-lo. Ele vai ficar muito mais feliz se você o colocar na cama.

Colha as recompensas de uma rotina organizada

A boa notícia é que o cronograma pode significar coisas diferentes para famílias diferentes, e todos concordam que não há uma única melhor maneira de configurar uma rotina. A má notícia é que não há melhor maneira de configurar uma rotina, então você pode ter que tentar algumas coisas para ver o que é ideal para você e seu bebê. Nossas rotinas nem sempre funcionam. Mas quando elas funcionam, são formas inestimáveis ​​de manter a ordem em casa.

O benefício de uma rotina é ter menos problemas, menos crianças reclamando, e mais tempo para aproveitar.

Há também alguns benefícios menos óbvios. Estabelecer uma rotina diária vai te ajudar a se sentir menos cansado, então você vai se tornar mais capaz de prestar atenção às suas necessidades. Você vai se sentir mais empoderado como pai e mãe vai ajudar o casal comunicar melhor sobre os cuidados com o bebê, principalmente na parte de divisão de tarefas. A rotina fluida ajuda o casal também a ter mais tempo para os dois, o que é essencial para manter a intimidade e a saúde de um relacionamento.

Como você preparou a rotina do bebê? Que dicas daria para quem está fazendo a rotina de uma criança?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.