Você pode estar se perguntando o que é a medicina quântica. Aqui está uma breve descrição: a medicina quântica usa os princípios da física quântica como a não-localidade, a hierarquia emaranhada e o salto descontínuo na consciência para entender melhor a medicina. Isso não tem nada a ver com os desenvolvimentos das tecnologias quânticas que estão sendo usadas em diversos avanços da medicina. Tem a ver com uma pseudociência que surgiu e tem ganhado força como meio de tratamento de pacientes.

Medicina quântica: benefícios?

Se você pudesse aprender novas estratégias para desenvolver um sistema de mente/corpo voltados para a cura, se você pudesse trazer esse conhecimento de volta para sua prática onde você obterá melhores resultados com seus clientes, aumentando sua renda, então os benefícios são incalculáveis.

Várias palestras e textos estão disponíveis online para promover os benefícios da medicina quântica. Para você ter uma ideia do que se ensina na medicina quântica, podemos citar as críticas que mulheres que fazem uma mastectomia preventiva recebem por conta do “fracasso” da medicina genética e tradicional. Eles reforçam que mudanças na forma de pensar seriam mais eficientes para salvar essas pessoas do câncer. Alguns até deram nome para essa estratégia como “negacionismo genético”. Os palestrantes e os textos entram em longas discussões sobre a epigenética e a regulação da expressão genética para negar o valor preditivo de mutações genéticas específicas sobre o risco de desenvolver uma doença em particular. Entendeu alguma coisa? Não? Pois é. Nem conversando com um profissional da saúde, ele foi capaz de traduzir esse monte de baboseira. O pior é que isso é uma estratégia que todas as medicinas “alternativas”. E por alternativas, não estou falando as medicinas que funcionam, que já passaram por pesquisas científicas extensivas para comprovar sua eficácia. Estou falando das medicinas que só servem para fazer as pessoas gastarem dinheiro. Em outras palavras, as medicinas que não tem nenhuma comprovação de eficácia.

Malefícios da medicina quântica

A medicina quântica prega que só traz benefícios para o corpo sem nenhum processo invasivo. Por que, então, há tão poucas provas dessa eficácia na comunidade científica? (Foto: www.quantumdoc.net)

Medicina quântica: perigos

Não há dúvida de que a regulação da expressão gênica é um fator importante na função biológica normal no controle de doenças e melhora da saúde. No entanto, Os “pregadores” da medicina quântica só sabem falar palavras complicadas, ou pior, agem com más intenções misturando termos complicados e pesquisas científicas de procedência duvidosa para convencer às pessoas. A ignorância é a pior coisa que pode acontecer a uma sociedade, e essa afirmação se torna cada vez mais verdade ao pesquisar sobre a medicina quântica..

Na nossa pesquisa para escrever este artigo, obtemos uma imagem muito clara do que está acontecendo. A medicina quântica é baseada em superstições, uma “cura mágica” em conjunto a uma racionalização pseudocientífica.

As reivindicações principais não são diferentes de qualquer filosofia de cura. A noção é que sua mente pode controlar a “energia” para promover a autocura. No entanto, os “pensamentos” são descritos como “informação e energia” que podem “mudar o impulso da física quântica”.

A abordagem “materialista” da medicina é criticada implacavelmente pelos adeptos da medicina quântica. Medicina materialista, é claro, é medicina baseada na ciência real e na evidência, na realidade, e não no efeito placebo de uma “autocura”. Os promotores da “medicina mágica”, no entanto, não gostam da noção de que eles não se baseiam na realidade. O objetivo da “medicina quântica”, portanto, parece ser fornecer uma “racionalização científica” à magia que os gurus estão vendendo.

Mas e os cursos de medicina quântica?

A estratégia usada pelos gurus da medicina quântica é antiga. Quando o eletromagnetismo foi descrito pela primeira vez por cientistas e estava começando a se tornar conhecimento público, os gurus da época se envolveram nos termos da nova ciência.

Quando os raios X foram descobertos, os “gurus” os adotaram como uma misteriosa nova energia da ciência e energia é cura, de acordo com os gurus. Em meados do século 20 a cura com ondas de rádio tornou-se popular, e as ondas de rádio se tornaram a nova energia de cura. Curiosamente, todos esses modos sobrevivem até hoje, exceto para tônicos radioativos, hoje proibidos pela grande maioria das agências de regulação de saúde ao redor do mundo.

A mecânica e a física quântica são assuntos relativamente recentes, que tem sido mais estudados graças ao avanço da ciência nos últimos anos. Porém, o público em geral conhece pouco sobre esse assunto, e os gurus, sabendo disso, misturam termos científicos a um monte de baboseira para tentar dar legitimidade à medicina quântica. O pior de tudo é que as pessoas, desesperadas por uma cura milagrosa e rápida (que não existe para nenhuma doença do mundo), acreditam no que os gurus tem a dizer. E os cursos de medicina quântica só servem para propagar mais “gurus” dessa cura espiritual, que não funciona.

Mas e os casos de cura pela medicina quântica?

Não há nada na mecânica quântica que de alguma forma sustente as afirmações dos gurus da medicina de energia, o que é irrelevante para seu uso como uma estratégia de marketing. Até agora em experimentos e pesquisas científicas realizadas, nenhuma pesquisa comprovou a eficiência da medicina quântica para algo além do placebo, que é o efeito que passamos quando achamos que algo está nos curando, mas na verdade não está..

Se a medicina quântica fosse legítima, no entanto, ela poderia apenas disponibilizar pesquisas de qualidade para estabelecer que suas ideias e reivindicações são válidas. Isso nunca parece acontecer, no entanto.

“Mas meu tio foi curado”, “eu me curei com a medicina quântica”, e outras afirmações do tipo são comuns. Mas isso são apenas alguns casos de sucesso por conta do efeito placebo. Ninguém fica sabendo dos casos que deram errado porque isso é ruim para os negócios. Eu mesmo conheço diversas pessoas que optaram pela medicina alternativa e acabaram tendo seus problemas de saúde piorados.

A verdade é que as pessoas precisam parar de procurar curas rápidas e fáceis para seus problemas de saúde. Isso não existe, ponto final. O que existe é o tratamento responsável, acompanhado por uma equipe de profissionais qualificados. Há efeitos colaterais sim, mas toda a equipe vai estar lá para te auxiliar no processo de cura e amenização de tais efeitos.

Você já dependeu da medicina quântica para alguma coisa? Como ela ajudou na sua vida? Já teve provas de que ela não funciona?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.