Levedo de cerveja é um ingrediente usado na produção de cerveja e pão. É feito de Saccharomyces cerevisiae, um fungo unicelular que dá um gosto amargo leve aos alimentos que o usam. O levedo de cerveja também é usado como suplemento nutricional, sendo uma fonte rica de crômio, que pode ajudar seu corpo a manter níveis normais de açúcar no sangue, além de ser uma fonte de vitaminas B e vários outros minerais. O fermento de cerveja é considerado um probiótico e é usado para auxiliar a digestão. Mas quais são outros benefícios do levedo de cerveja? Como consumir?

Vale lembrar de só consumir o levedo se seu médico permitir e se seu nutricionista não tiver objeções.

O que o fermento de cerveja faz?

Levedura de cerveja contém pequenos organismos (microflora) que ajudam a manter o bom funcionamento do aparelho digestivo. É um suplemento nutricional e pode aumentar os níveis de energia e fortalecer o sistema imunológico, além de ser uma fonte rica de muitos minerais e vitaminas do complexo B.

Levedo de cerveja: benefícios

As características probióticas do levedo de cerveja podem torná-lo uma maneira efetiva de prevenir a diarreia. Tem sido usado para tratar outros distúrbios do trato digestivo, incluindo diarreia causada por antibióticos, síndrome do intestino irritável, colite, intolerância a lactose. A levedura de cerveja pode fornecer energia e pode ajudar a manter uma pele, cabelo, olhos e boca saudáveis. Pode ser eficaz para apoiar o sistema nervoso e melhorar o sistema imunológico. O cromo no levedo de cerveja pode ajudar a controlar os níveis de açúcar nos pacientes com diabetes tipo 2, melhorando a tolerância à glicose.

Consumo do levedo de cerveja

Consumir o levedo de cerveja vai trazer vários benefícios para sua saúde, principalmente para seu sistema digestivo. (Foto: Vitamins LoveToKnow)

Levedo de cerveja: malefícios

Suplementos como o levedo de cerveja podem interagir com certos medicamentos. Os efeitos colaterais da levedura de cerveja são geralmente leves, sendo os mais comuns o gás excessivo, inchaço e dores de cabeça. Pare de usar a levedura de cerveja e entre em contato com seu médico imediatamente se você tiver dores no peito, garganta, aperto no peito ou dificuldade em respirar. Esses efeitos colaterais podem indicar uma reação alérgica ao levedo de cerveja. A levedura de cerveja é uma fonte de vitaminas B, mas não contém B-12. Quantidades inadequadas de B-12 podem causar anemia, por isso é importante ter certeza de ter fontes de B-12 em sua dieta.

Como tomar levedo de cerveja?

O levedo de cerveja está disponível como pó, flocos, líquidos ou comprimidos. É também um ingrediente na cerveja e em alguns tipos de pão. A dosagem adulta média é de uma a duas colheres de sopa por dia. Pode ser adicionado a alimentos ou misturado com água, suco ou batidas.

Quais são os riscos da levedura de cerveja?

Consulte o seu médico antes de tomar qualquer suplemento, como a levedura de cerveja. Não é necessária preparação específica para tomar o levedo de cerveja. A forma em pó pode ser tomada sozinha ou adicionada a alimentos ou bebidas. O seu médico pode recomendar que, inicialmente, tome doses menores de levedo de cerveja para verificar possíveis efeitos colaterais.

Consulte o seu médico antes de consumir a leveduras de cerveja se estiver grávida ou amamentando. Você também deve ter cuidado em consumir o levedo se você tiver qualquer uma das seguintes condições:

Diabetes

Doença de Crohn

Infecções frequentes

Alergias a fermento

Sistema imunológico enfraquecido

Levedo de cerveja emagrece? Engorda?

O levedo de cerveja vai ajudar seu sistema digestivo a funcionar melhor. Isso pode resultar numa melhor absorção de nutrientes, reduzindo a quantidade de alimentos que você precisa consumir para se sentir cheio. Se você não tiver uma dieta balanceada, pode resultar na engorda, por isso é necessário conversar com um nutricionista ou nutrólogo antes de adotar o levedo de cerveja na sua dieta.

Ficou alguma dúvida? Deixe nos comentários suas perguntas!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.