Correr na rua ou na esteira? Qual é melhor?

Escrito na categoria "Atividade física" por Bruno Almeida.

Atualmente é muito comum você ver cada vez mais pessoas calçando o seu tênis, vestindo uma roupa bem confortável e indo correr. O que dizer desta atividade que é tão simples, mas que possui uma lista enorme de benefícios? Confira mais um artigo e veja Porque é bom começar a correr.

Atualmente existem duas classificações para esta prática, são elas: interna e externa, correspondente ao ambiente que sua atividade é praticada, se você pratica corrida na rua é externa, se você pratica corrida na esteira aí já é interna.

O que dizem os especialistas?

A corrida na esteira é mais aconselhada para as pessoas sedentárias e principalmente para os iniciantes, também é indicado para as pessoas com sobrepeso. Agora as pessoas que buscam melhorar o desempenho, gostam do esporte e buscam se adaptar as condições naturais do mesmo, treinar na rua é o mais indicado.

Segundos os estudos, ao correr na rua o corredor aprende a dosar o ritmo e diminui as oscilações bruscas durante a sua prática. Essas características contribuem para reduzir as chances de iniciar a prática de forma muito intensa e não conseguir a manutenção do tempo desejado

Outro fator diferenciador de quem corre na rua ou na esteira é quanto ao piso. Durante a prática da atividade física no asfalto, existe uma necessidade do organismo se acostumar com o piso. Músculos, tendões, ligamentos e articulações sofrem em ambos, mas tem adaptações diferentes.

Correr na Rua

É muito mais simples e prático, promovendo um treino mais dinâmico e menos monótono, uma vez que em grande parte das vezes tem o contato com a natureza, o que para muitos é um fator motivacional fantástico.

Uma característica de quem correr na rua são as forças físicas que atuam sobre você. Uma das mais importantes neste caso é a resistência do ar, onde quanto maior for sua velocidade, maior será o atrito.

Atualmente existem pessoas que treinam na rua e na esteira, situação bem comum entre atletas de alto nível. Este tipo de treinamento serve para as pessoas que buscam melhorar sua condição física e tempos cada vez melhores.

Confira agora uma lista com as principais vantagens de quem correr na rua:

Agora vamos listar as desvantagens de quem corre na rua.

Quais as vantagens e desvantagens de correr na rua?

Correr na rua ou na esteira? Qual é melhor?

Correr na Esteira

Sem dúvidas é uma excelente opção para as pessoas que não gostam de correr na rua. A esteira oferece controle da velocidade, permitindo um domínio do ritmo sem nenhum tipo de oscilação durante o treino.

Grande parte das academias possui espelhos e profissionais especializados que possibilitam a visualização do movimento, sendo possível efetuar correções de gestos se assim for necessário.

Também é muito procurado pelas pessoas que tem uma rotina muito atarefada e é fundamental para quem sofre de problemas relacionados a lesões. Fatores pró-exercício na esteira estão quase que sempre, relacionados à praticidade e ao eficiente sistema de amortecimento de impacto das mesmas.

Confira agora uma lista com as principais vantagens de quem correr na esteira:

Agora vamos listar as desvantagens de quem corre na esteira.

Chegando ao final deste artigo não podemos deixar de falar que não existe determinação específica por um ou outro. Os especialistas afirmam que a escolha seja feita pelo exercício físico, indiferente de qual ambiente será praticado.

Após olhar todas as características, vantagens e desvantagens de ambos os casos, cabe a você observar o seu perfil, seu objetivo e suas condições, após esta analise, certamente você será capaz de fazer a escolha correta e desfrutar ao máximo dos benefícios da corrida!

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Saúde Melhor!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.