Se você acha que está gastando um monte de dinheiro em medicamentos, provavelmente você está certo. Medicamentos ficam mais caros a cada ano e mesmo com os incentivos do governo, as chances são de que os custos irão ainda aumentar mais um pouco. Há prós e contras de como economizar em medicamentos prescritos, portanto é importante analisar a economia não apenas de um ponto de vista econômico, mas plural, e que realmente irá ajudá-lo a ter uma saúde melhor.

Pergunte sempre sobre as opções genéricas

Na maioria dos casos, os medicamentos genéricos pode salvar uma grande quantidade de dinheiro. Alternativas genéricas custam, em média, quatro vezes menos do que as versões de marca.

Só para constar, remédios genéricos tem exatamente a mesma fórmula que suas contrapartes de marca. Efeitos colaterais e outros problemas são exatamente os mesmos. Portanto, caso não se adapte a um genérico, não adianta mudar para o remédio de marca. Você deve pedir outro remédio, com outra fórmula ativa para seu médico.

Pense em comprar mais por menos

Um comprimido de 80 mg é muitas vezes próximo do preço de um comprimido com 40 mg da mesma droga. Pergunte ao seu médico ou farmacêutico se o seu medicamento é seguro para ter a pílula dividida. Se assim for, peça ao seu médico para receitar o dobro da dose que você realmente precisa, assim você pode dividir os comprimidos ao meio. Muitas pílulas, porém, não são seguras para dividir. A melhor pessoa para perguntar se é seguro dividir a pílula é o farmacêutico.

Fale abertamente com seu médico

Seu médico pode não saber o quanto você está pagando para as drogas que ele ou ela prescreve. Os pacientes devem conversar com seus médicos regularmente para que eles possam considerar as opções menos caras. Também ajuda se você rever todos os seus medicamentos com o seu prestador de cuidados de saúde ao longo do tempo. Se você estiver tomando um medicamento por um longo tempo, é possível que você não precise dele mais ou pode mudar para algo mais barato.

Pesquise preços

Se uma farmácia tem os melhores preços da cidade em todos, menos um dos medicamentos que você está tomando, deixe o farmacêutico conhecer e veja se ele pode lhe dar um desconto. Muitas farmácias querem relacionamentos. Eles querem mantê-lo como um cliente, e esta é uma forma de fazer isso.

Farmácias populares, farmácias de manipulação e amostras grátis

As três opções acima são válidas para poupar dinheiro. No primeiro, é possível conseguir medicamentos até de graça. No segundo, alguns medicamentos muito caros podem ser manipulados a preços muito mais acessíveis. E em uma simples conversa com seu médico, ele pode te fornecer amostras grátis que ele consegue com os fabricantes, te poupando uma boa quantia em dinheiro.

Perigo de economizar com remédios

Cuidado para não fazer com que a economia com remédios saia caro. (Foto: atarde.uol.com.br)

Não use o armário de remédios de um amigo

Tomar medicamentos de outras pessoas é uma forma muito ruim de economizar dinheiro. As drogas que você encontrar podem estar vencidas, podem ser a dose errada, e podem reagir com outra coisa que você está tomando.

Não insista em medicamentos de marca

Nos velhos tempos, as empresas farmacêuticas enviavam informações para médicos, que, em seguida, decidiam que medicamentos prescreveriam aos seus pacientes. Agora, televisão e revistas usam imagens dos avós ativos ou casais amorosos para promover medicamentos diretamente aos pacientes. Não importa o quão atraentes são os modelos: a droga anunciada pode não ser a melhor opção para a sua condição particular. E provavelmente há uma alternativa menos dispendiosa para o medicamento anunciado na TV.

Não suponha que suplementos de ervas são seguros ou adequados

Na verdade, suplementos de ervas não são regulamentados como medicamentos, em sua maioria, e alguns poderiam representar um perigo real. Algumas das ervas têm as mesmas interações medicamentosas e possibilidade de reações adversas como medicamentos. Essas coisas precisam ser monitoradas por um médico capacitado.

Não compre drogas de fontes baratas e duvidosas na internet

Venda online de medicamentos falsificados é uma empresa global em expansão. Ao operar na rede, os grupos que se apresentam como farmácias legítimas fogem com a venda de medicamentos falsificados, medicamentos expirados, ou o medicamento errado.

Vale a pena economizar com remédios?

Vale. Desde que seu médico esteja ao seu lado com suas decisões de economia e você não troque a qualidade só pra poupar alguns centavos.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.