Com qual frequência devemos ir ao dentista?

Escrito na categoria "Saúde" por André M. Coelho.

Visitas regulares ao dentista são importantes para avaliar a condição das pessoas e seus dentes e saúde bucal em geral. Geralmente, os dentistas recomendam visitas duas vezes por ano para uma limpeza e um check-up. Algumas informações podem ajudá-lo a saber uma frequência melhor para ir ao dentista.

Identificação

O número de visitas ao dentista deve ser determinado pelo dentista junto ao paciente. Companhias de seguros odontológicos cobrem uma limpezas duas vezes por ano e exames. Mais visitas podem ser necessários em caso de problemas dentários, como cáries, tártaro, gengivite e outros.

Prevenção

A prevenção de cáries, doenças da gengiva e outros problemas de saúde bucal é a meta de visitas regulares ao dentista. Uma visita regular aqui significa pelo menos a cada seis meses.

Exames

Um check-up geralmente envolve um exame oral completo, juntamente com uma história médica e odontológica, um rastreio para câncer bucal e de uma limpeza profissional. Principalmente quem fuma ou bebe muito, esta visita tem que ser mais frequente, evitando que problemas decorrentes dos vícios possam se agravar e levar a problemas de saúde piores. Um check-up a cada seis meses é uma boa frequência aqui.

Importância do dentista

Visitas regulares ao dentista previnem doenças e também te ajudam a poupar dinheiro de tratamentos para problemas mais graves. (Foto: www.napervilledentistry.com)

Raios X

Em uma primeira visita, o dentista muitas vezes recomenda que raios X sejam feitos da boca. Os raios X são necessários para avaliar a condição das raízes dos dentes, gengivas e da estrutura óssea e as condições que não são visíveis na superfície. Fazer um raio X por ano é uma frequência mais do que boa, sendo que uma frequência maior só é recomendada para aqueles com problemas odontológicos e que precisam do uso de aparelhos.

Usando aparelhos dentais

Já quem usa aparelhos devem frequentar o dentista pelo menos uma vez por mês para avaliar a situação e reposicionamento dos dentes. A partir disso, o dentista poderá, juntamente com o ortodontista, direcionar melhor o tratamento para o reposicionamento dos seus dentes e um sorriso muito mais saudável.

Considerações finais

É importante dizer ao seu dentista sobre quaisquer problemas que você experimente em sua boca, como aftas frequentes, dores nos dentes e outros. Questões podem ser abordadas e menos visitas podem resultar destes questionamentos. Se você acorda todo dia com os dentes dormentes, pode ser bruxismo. Mas só conversando com seu dentista que você terá certeza e assim, além de prever vários problemas, melhorar consideravelmente sua qualidade de vida.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André fez parte de uma das primeiras equipes de Parkour no Brasil. Desde então, atuou junto de educadores físicos, nutricionistas, fisioterapeutas e profissionais da saúde para aperfeiçoar seus conhecimentos. Desde 2012, escreve dicas de saúde e exercícios físicos que aprendeu e continua aprendendo. Em 2019 tornou-se instrutor de Muay Thai e Kickboxing, compartilhando com seus alunos para ensinar tudo que aprendeu.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.