Quando você começa a cogitar a ideia de uma cirurgia plástica, especialmente pela primeira vez, é importante seguir um certo caminho para garantir que seu processo corra bem. Estes passos são também aqueles que irão te orientar para saber o que irá acontecer em cada parte do seu processo de cirurgia e se planejar psicologicamente, fisicamente e financeiramente para o momento de mudar seu corpo.

O primeiro passo: a consulta

Você deve agendar uma consulta inicial com um cirurgião plástico para saber da possibilidade de uma cirurgia plástica. Esta consulta lhe permitirá o desenvolvimento de uma relação com o médico, algo vital para o sucesso de um procedimento cirúrgico.

Durante esse tempo, o médico deve estar disponível para discutir as necessidades de cada pessoa e as técnicas disponíveis para alcançar os melhores resultados. O paciente desenvolverá uma compreensão do resultado esperado de cirurgia cosmética, que é diferente para cada indivíduo, e o médico tem a possibilidade de determinar se o paciente tem objetivos realistas e tem a motivação certa para a cirurgia.

Imagens, vídeos e simulações de computador são ótimas adições para as consultas, ajudando o paciente a visualizar melhor os resultados que serão obtidos com a cirurgia plástica e acabando com expectativas irreais sobre a cirurgia.

O segundo passo: financiando sua cirurgia

O preço da cirurgia é uma questão delicada e muito importante. Existem cirurgias bem simples, custando menos de R$1000. Porém, pode haver alguma complicação e você tem que ficar internado no hospital por alguns dias. Se seu plano não cobrir a internação, a conta pode ficar bem mais alta que apenas esses R$1000 iniciais. Um plano de saúde que garanta pelo menos o pagamento das consultas no consultório médico, exames e as diárias do hospital é uma obrigação para quem não quer ser surpreendido e poupar dinheiro na hora da cirurgia.

É importante lembrar também que algumas cirurgias exigem cuidados pós operatórios, como medicamentos, massagens e até fisioterapia para uma melhor adaptação.

Existem já linhas de crédito pessoal que podem te ajudar a obter o dinheiro para financiar sua cirurgia. Ou você pode começar a economizar desde já.

Não é certo te dar um valor exato de uma cirurgia, pois varia muito de acordo com a qualidade do médico, a região onde você vive, o tipo de cirurgia, a condição do paciente e muitas outras variáveis. Mas é seguro dizer que você deve economizar pelo menos R$5 mil para cirurgias pequenas (nariz, orelhas, manchas na pele, cicatrizes etc) e R$10 mil para cirurgias maiores (próteses de silicone, lipoaspiração, lipoescultura, remoção de excesso de pele etc).

Passo a passo de cirurgia plástica

Entender melhor as etapas de uma cirurgia plástica ajudarão você a se planejar melhor para sua cirurgia. (Foto: divulgação)

Terceiro passo: exames e agendamento da cirurgia

Após a primeira consulta, cada paciente recebe informações e instruções relacionadas com a cirurgia para a qual eles estão se programando, assim como encaminhamento para exames apropriados para . A equipe estará disponível para responder a quaisquer perguntas adicionais e para auxiliar na tomada de providências necessárias. Procure saber todas as limitações e recomendações pós-cirurgia antes de fazê-la.

Muitos procedimentos exigirão tempo para descanso e recuperação. Portanto, agende sua cirurgia durante as férias ou um fim de semana/feriado prolongado para mais tempo de descanso e recuperação. Tenha certeza também de ter pelo menos um familiar ou amigo livre para te acompanhar na recuperação

Quarto passo: a cirurgia plástica

Algumas cirurgias necessitam de internação em um hospital. Hoje em dia, a grande maioria delas é realizada no mesmo dia com a alta acontecendo também imediatamente, sendo a recuperação em casa. Algumas cirurgias podem também ser realizadas no consultório ou clínica do médico, dando mais agilidade e praticidade ao procedimento.

Após chegar no local para cirurgia, você será levado para a sala de cirurgia ou para o consultório onde será realizado o procedimento. O anestesista te dará uma anestesia geral via gás, venosa ou raquidiana, dependendo do tipo de cirurgia. Pode não haver necessidade de anestesista para cirurgias de pequeno porte.

O médico então realizará a cirurgia. Geralmente, você só acordará no leito de recuperação, após a cirurgia, mas pode acontecer de você acordar durante o procedimento. Neste caso, o anestesista irá administrar uma nova dose de anestesia para que você “durma” novamente.

Quinto passo: visitas de acompanhamento

As visitas de acompanhamento pós cirurgia não são apenas recomendadas, são exigidas para que o médico examine os resultados do procedimento, se certificar que você está confortável, seguro, feliz com os resultados e corrigir o quanto antes problemas e complicações e podem prejudicar os resultados da cirurgia.

Sexto passo: aproveite os resultados

O objetivo final de qualquer procedimento de cirurgia plástica é fazer você se sentir melhor sobre si mesmo. Então vá desfrutar do novo você, vá para a praia, tire férias ou apenas mostre aos seus amigos. De qualquer maneira, o novo e melhorado você está morrendo de vontade de ser visto, então vá lá e fazê-lo e aproveite a vida ao máximo, seguindo sempre uma vida saudável e as recomendações de seu médico!

Já fez uma cirurgia plástica? Quais foram os procedimentos pelos quais você teve que passar? Compartilhe nos comentários sua história!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.