Alimentos para uma boa memória!

Escrito na categoria "Dieta e Alimentação Saudável" por André M. Coelho.

Se você alguma vez perdeu suas chaves ou esqueceu por que você entrou em uma sala, não há nenhuma razão para se preocupar. No entanto, você deve pensar seriamente em proteger a sua função cognitiva com a dieta correta. Certos alimentos podem ajudar a proteger a saúde do cérebro, melhorar os seus níveis de memória e concentração reduzindo também o risco de doenças degenerativas do cérebro, como o mal de Alzheimer.

A vitamina B-12 melhora a saúde do cérebro

A deficiência de vitamina B-12 pode causar problemas de memória, em alguns casos. Para proteger a saúde do cérebro, e aumentar a sua memória e concentração, você deve consumir alimentos que são ricos nesta vitamina. A recomendação diária é de, pelo menos, 2,4 microgramas de vitamina B12 por dia.

Alimentos que contêm esse nutriente solúvel em água incluem carnes, aves, ovos, leite, laticínios e cereais matinais fortificados.

A vitamina E protege a memória

Se você está tentando aumentar a sua memória e concentração, a adição de mais vitamina E em sua dieta diária é altamente recomendável. Este nutriente é um poderoso antioxidante que pode ajudar a proteger as células nervosas no cérebro e até ajudar na prevenção ao câncer. Você deve obter 15 miligramas de vitamina E por dia

Alimentos como óleos vegetais, amêndoas, amendoim, espinafre, cenoura e abacate são ricos em vitamina E.

Alimentação saudável para o cérebro

Uma alimentação balanceada, acompanhada por um nutricionista e rica em nutrientes naturais é a chave para uma boa memória e bom funcionamento do cérebro. (Foto: http://makeyourbrainfast.com/)

Gorduras saudáveis para a saúde dos nervos

É importante lembrar que as gorduras saudáveis têm um papel importante na proteção do funcionamento do cérebro. Os ácidos graxos ômega-3 são gorduras essenciais que desempenham um papel chave para o perfeito funcionamento do coração, a saúde das articulações e do cérebro.

Alimentos como óleos vegetais, peixes, nozes e outros frutos secos, sementes de linhaça e legumes de folha verde devem ser acrescentados em sua dieta para o consumo recomendado de gorduras saudáveis.

Frutas vermelhas são ricas em antioxidantes

O que é muito bom para o perfeito funcionamento cerebral e de sua memória. Um estudo relatou que a ingestão de frutas vermelhas pode ajudar a prevenir a perda de memória relacionada com a idade e declínio mental.

Morangos, amoras e açaí podem ajudar a remover as proteínas tóxicas que se acumulam e danificam os nervos no cérebro. Se não forem controladas, estas toxinas podem levar a doenças degenerativas do cérebro ao longo do tempo.

Importância da visita ao nutricionista

Antes de sair mudando sua dieta e acrescentando alimentos por “Poderes Milagrosos” nas suas refeições, é altamente recomendado que você visite um nutricionista antes de fazer tais modificações.. Nenhum alimento sozinho faz milagre e a falta ou excesso de certas vitaminas e nutrientes pode fazer mais mal do que bem para sua saúde.

Você deve considerar que cada organismo responde de forma diferente para certos nutrientes e alimentos. O atendimento profissional de um nutricionista vai ajudá-lo a entender melhor como funciona o seu organismo e, a partir daí, fazer a dieta que melhor funcionará para você.

Tem sugestões de mais alimentos bons para a memória? Compartilhe nos comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André fez parte de uma das primeiras equipes de Parkour no Brasil. Desde então, atuou junto de educadores físicos, nutricionistas, fisioterapeutas e profissionais da saúde para aperfeiçoar seus conhecimentos. Desde 2012, escreve dicas de saúde e exercícios físicos que aprendeu e continua aprendendo. Em 2019 tornou-se instrutor de Muay Thai e Kickboxing, compartilhando com seus alunos para ensinar tudo que aprendeu.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.