Um componente crítico de qualquer esforço para reduzir os sintomas de alergia a umidade é controlar o ambiente onde você esteja. O ar que é ou muito úmido ou não é úmido o suficiente pode contribuir significativamente para o aumento da alergia e/ou ataques de asma. Resolver a alergia causada por problemas com a umidade, é uma questão exclusiva de controle do ambiente.

Alergia a umidade do ar alta

Enquanto os produtos para tratamento da alergia, como travesseiros e colchões antialérgicos, são mais populares e conhecidos, produtos para o controle da umidade são frequentemente desconhecidos pelo público geral. Mesmo assim, o impacto do controle da umidade sobre dois dos alérgenos mais comuns em sua casa, ácaros e mofo, é muito maior do que qualquer impacto que outros produtos possam causar.

Ácaros, Mofo, e umidade do ar

Ácaros prosperam em ambientes úmidos. Como você provavelmente sabe, os ácaros comem as células mortas de sua pele. Quando o ambiente é úmido, a nossa pele absorve a umidade ambiente, transformando essas células da pele mortas e algo mais “nutritivo” para os ácaros. Além disso, a alta umidade permite que os ácaros, como outros insetos, absorvam a umidade que necessitam para sobreviver e procriar. Nutrição ampla através das peles hidratadas significa mais fezes de ácaros, o principal componente alérgeno relacionado ao ácaro.

Os ácaros não são os únicos que se multiplicam quando alérgenos casa umidade é alta. Mofo, outro alérgeno potente, é também um problema quando os níveis de umidade sobem. Leva apenas quatorze a dezesseis horas de ar úmido para ativar unidades formadoras de colônias.

Como leva apenas algumas horas antes de colônias de alérgenos começarem a se multiplicar, é importante desumidificar imediatamente quando ocorrem condições de umidade alta. Esse controle da umidade do ar é a melhor solução para a casa de um alérgico.

Controle a umidade do ar para controlar as alergias

Controlando a umidade do ar na sua casa, você conseguirá controlar a maior parte dos causadores de alergia no seu dia a dia. (Foto: www.airbetter.org)

Alergia a umidade do ar baixa

Em primeiro lugar, embora os ácaros possam começar a morrer em níveis de umidade abaixo de 50%, em níveis inferiores a 30% de umidade relativa, alérgenos secam. A poeira alérgeno dos ácaros, bolor, mofo, e bactérias que são secas e, portanto, mais facilmente transportadas pelo ar, o que pode resultar nas alergias pela inalação de maiores quantidades de alérgenos.

Além disso, o ar seco pode irritar as passagens nasais e outras membranas mucosas, agravando os sintomas de alergia e levando a complicações, tais como a sinusite. Quando o ar está muito seco, ele seca as passagens nasais. Enquanto o muco em suas passagens nasais e vias respiratórias seca, sua capacidade de “prender” alérgenos, bactérias e vírus cai, deixando o indivíduo mais suscetível a resfriados, gripe, ou crises alérgicas e de asma. Dores de garganta, lábios rachados, pele seca, ou dermatite alérgica, também são possíveis problemas causados por baixos níveis de umidade em casa.

Alergia alívio produtos, incluindo produtos de irrigação do seio e hidratantes amigáveis ​​alergia ajudar a aliviar estes sintomas, mas não abordam a falta subjacente de umidade no ar. Para manter a umidade relativa do ar em sua casa nessa faixa ideal, um umidificador em casa chega ao cerne da questão, restaurando a umidade de volta para o ar interior e mantendo os alérgicos confortável através de condições secas.

Umidade ideal para controlar alergias: como controlar a umidade da casa?

Para reduzir os ácaros da poeira, é importante manter a umidade abaixo de 50% em toda a casa, utilizando um desumidificador ou central ou ar condicionado. Alguns dos produtos para controle de umidade do ar para reduzir as crises de alergia são os seguintes:

Umidificados e desumidificadores de ar – Modelos com medidores de umidade, para que as unidades desligam quando os níveis de umidade ideais são atingidos. No entanto, um medidor de umidade digital autônoma permite que você monitore a umidade quando não estiver usando o produto ou quando você precisa verificar uma área que pode ainda não estar recebendo umidificação ou desumidificação.

Ar condicionado com filtro HEPA – Embora seja importante notar condicionadores de ar modernos muitas vezes removem uma certa quantidade de umidade, esta não é a sua principal tarefa e contar com isso para reduzir a umidade relativa pode resultar em condições favoráveis ​​ao crescimento de fungos. O ar pode ser resfriado e ainda assim ter alta umidade. O filtro HEPA ajuda no controle dos alérgenos, mas o ar condicionado ainda vai precisar ser combinado com um desumidificador.

Plantas e ervas aromáticas – Além de muitas plantas serem excelentes no controle de pragas em casa, elas ajudam a manter e controlar a umidade do ar na residência. Combine essa utilidade das plantas com a utilidade de uma horta de plantas medicinais, e você terá uma excelente combinação para tratar e prevenir alergias.

Balde de água – O balde de água funciona parcialmente. A água vai evaporar na medida certa para manter uma umidade ideal no recinto, mas pode não funcionar para todo mundo, seja por motivos estéticos ou por uma simples falta de espaço.

Tem mais alguma dica de solução para a umidade do ar alta ou baixa? Compartilhe nos comentários abaixo!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.