No artigo de hoje vamos te ajudar com dicas para viver em paz consigo mesmo e treinar a mente para pensamentos positivos. A maioria das nossas limitações na hora de correr vem dos pensamentos negativos durante a corrida.

Como educar a mente contra pensamentos negativos?

Como determinar esses tais padrões de pensamento? Você se considera uma pessoa otimista? Você já pensou quais são as razões que levam a decisão de ser pessimista ou otimista?

A todo o momento estamos nos colocando em prova, nos cobrando e quase sempre pensando que não somos fortes o suficiente para aquela situação. Esses pensamentos com o tempo se transformam em padrões que em ampla maioria são negativos.

Pensar positivo realmente pode alterar sua vida para melhor, mas acreditar que isso é fácil é o maior erro. As pessoas têm o hábito de super valorizar os fracassos e dar pouco valor para os pequenos sucessos.

Sem precisar aprofundar muito no assunto, esta valorização excessiva do fracasso é o primeiro ponto que devemos mudar. Mesmo que aquela vitória tenha sido bem pequena, nos custou atitudes e empenho, isso sim deve ser valorizado.

Durante a maior parte do dia acontecem coisas que te deixam desanimado, mas com força de vontade e humildade, você pode enxergar algo positivo em todas essas coisas. Saber tirar força dos momentos mais tensos é a chave do sucesso.

Como evitar pensamentos negativos ao correr?

Quando você está no meio de uma corrida, aparentemente tudo conspira para que você não consiga completar o percurso. As pernas ficam pesadas, a respiração fica ofegante e a passada começa a ficar descoordenada.

Neste momento diversas portas se abrem para os pensamentos negativos, você pensa que não é capaz e tudo leva a desistência. Se você corre há muito tempo, sabe do que estamos falando, se você ainda não passou por isso, muito provavelmente irá passar ainda.

Um estudo foi realizado na Universidade de Stanford School of Medicine, neste estudo eles queriam avaliar e entender estas razões físicas e psicológicas, pelas quais os corredores se deparam com esta barreira.

Como os relatos apresentado pelos corredores, eles apontaram diversos fatores que aumentam os pensamentos negativos e sinais de fraqueza e incapacidade ao correr. Vejam quais são eles a seguir.

O que provoca pensamentos negativos ao correr?

Como eliminar os pensamentos negativos ao correr?

Sede faz se sentir fraco e ajuda a perder o ritmo

A sede interfere diretamente na capacidade de raciocinar de forma lógica. Quanto maior for o tempo de corrida, maior será esta interferência relacionada à sede. Após aproximadamente uma hora de exercício, a sede é intensa e você se sente mais lento.

Essas condições apontam uma leve desidratação e antes que os pensamentos negativos abram portas para outras razões inexistentes, basta que você se hidrate com água ou qualquer bebida isotônica.

Se sente exausto no meio da corrida

A atividade física tem este lado desgastante e os sinais que o corpo dá são de cansaço e dores, mas grande parte dos corredores sente isso muito antes do que deviam sentir.

Focar demais nos problemas e dificuldades só aumentam a sua intensidade. Sendo assim, a solução é relaxar durante a corrida e tentar pensar sempre em coisas agradáveis e se desligar um pouco.

Neste ponto os corredores avaliados apresentaram depoimentos engraçados e inesperados. Alguns disseram que contavam o número de árvores no percurso, outros afirmaram que estudavam conjugação de verbos e outro grupo afirmou pensar na lista de compras.

Indiferente do que você esteja pensando, esta ação de desviar o foco para o que realmente está sentindo é um aliado fortíssimo. Neste momento em que você para de sentir o cansaço por distração, você consegue percorrer um percurso muito maior.

Este clima de descontração é buscado por grande parte das pessoas que correr ouvindo músicas, esta ação é aconselhada por praticamente todos os especialistas. O único problema é quando a pessoa esquece-se do mundo e para de observar coisas importantes como, por exemplo, a hidratação e erros mecânicos.

Comece a se auto desafiar

Se você sabe da sua capacidade e não cometeu excessos, o percurso a ser percorrido é naturalmente conhecido e está dentro das condições para ser concluído. Durante a corrida, você sabe o quanto estará cansado a cada parte deste percurso.

Não é normal que você queira desistir e esteja exausto no meio de um percurso que você conclui naturalmente, ou seja, alguns pensamentos negativos estão influenciando no seu desempenho.

Neste momento você pode ser forte e bater de frente contra essas barreiras ou desistir e aceitar a falsa justificativa de que não era capaz. Existe um grande grupo de pessoas que não consegue se desafiar neste momento, para este grupo a gente indica que busque a orientação de um psicólogo.

Alguns corredores do estudo afirmaram que apenas algumas sessões com o psicólogo foi suficiente para obter a dose de reforço psicológico necessária. Estes profissionais têm um leque de possibilidades e alternativas para te ajudar a aumentar a motivação e eliminar os pensamentos negativos.

Pensamentos negativos próximo do fim

Os corredores de grande percurso sentem uma exaustão terrível na segunda metade e precisam de concentração absoluta e muita força de vontade para completar o percurso.

Os relatos apontaram que a maioria já desistiu mesmo estando a poucos km do fim. Os psicólogos apontaram que intensidade é a maior vilã nestes casos, uma vez que a grande maioria não sabe à hora de reduzir o ritmo para concluir este trajeto.

Para a maioria a frustração de correr mais lentamente era pior do que a de não completar o percurso. Este aspecto está relacionado com o nosso orgulho interno que comando algumas ações impulsivas que temos.

Os psicólogos indicaram para estes corredores que mantenham os braços em movimentos, assim as pernas seguiriam naturalmente pela projeção natural do corpo em movimento.

Evite ao máximo a negatividade

Quando você parte para uma atividade já esperando que algo dê errado, as chances disso acontecer triplicam. Sendo assim, é fundamental eliminar os pensamentos negativos completamente antes, durante e depois.

No estudo realizado, o número de pessoas que tinham pensamentos negativos pré-corrida era 3 vezes maior do que os que não apresentaram tais pensamentos. Deste grupo, 90% tiveram dificuldades de superar as barreiras psicológicas durante a corrida.

Considerações finais

É importante alertar que nem tudo é pensamento negativo. Dores excessivas, exaustão no início, incômodos em articulações, falta de fôlego, etc. Todas estas condições devem ser observadas e discutidas com o médico e profissional de Educação Física.

Talvez exista alguma lesão ou problema atrapalhando no desempenho e consequentemente abrindo portas para pensamentos negativos.  Agradecemos pela atenção de todos e queremos convidá-los para continuar em nosso site.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.