O olho é um dos órgãos mais sensíveis do corpo. Pessoas com olhos secos, coceira e ardência podem ter sintomas semelhantes, com diferentes causas subjacentes aos sintomas. As causas dos olhos secos e ardendo podem variar de simples alergias ao envelhecimento, ter uma frequência de leve a grave. Exames oftalmológicos podem revelar problemas oculares específicos, mas há algumas causas comuns que podem te ajudar a informar melhor seu médico.

Envelhecimento

A diminuição da produção de lágrimas é comum em pessoas com mais de 40 anos. Enquanto você envelhece, os olhos reduzem a lubrificação, umidade e produção de lipídios. A camada lipídica é a camada superior oleosa do filme lacrimal que evita as lágrimas evaporarem. Não produzir umidade suficiente para manter os olhos lubrificados irá causar irritação nos olhos e isso é comum em pessoas mais velhas, especialmente em mulheres que passaram pela menopausa. Influências hormonais, como a diminuição da produção de estrogênio após a menopausa também pode ter um efeito negativo sobre a quantidade de lágrimas produzidas.

Alergias

Muitos alérgenos, como ácaros, pólen, pelos, mofo e produtos químicos domésticos podem causar coceira e ardência nos olhos secos. As alergias também vêm de certos alimentos e picadas de insetos. Quando a superfície do olho é exposta aos alérgenos, isto provoca a liberação de histamina, causando inflamação, olhos secos, ardência e coceira.

Medicação

Medicamentos podem causar efeitos colaterais que incluem redução na produção de lágrimas. Certos tipos de anti-histamínicos, antidepressivos, pílulas anticoncepcionais, pílulas para dormir, diuréticos e opiáceos, entre outros, secam os olhos e causam irritação. Você pode verificar com um médico ou farmácia para descobrir se a medicação que você toma tem efeitos colaterais de olhos secos e ardendo.

Doenças do sistema imunitário

Certas doenças do sistema imunitário podem contribuir para secar os olhos, tais como a síndrome de Sjogren. Esta ocorre quando as células brancas do sangue do corpo atacam equivocadamente glândulas produtoras de umidade, resultando em inflamação e diminuição da produção de lágrimas. Os sintomas da síndrome de Sjogren incluem coceira nos olhos, ardência, secura dos olhos, secura da boca, dor nas articulações e fadiga. Outras perturbações do sistema imunitário que podem causar olhos secos e ardendo incluem lúpus e artrite reumatoide.

Fatores ambientais

O sol, o vento, clima seco e alta altitude pode ter efeitos adversos sobre a forma como os olhos produzem umidade e têm efeitos de secagem. Os poluentes ambientais, como a poluição do ar e fumaça de cigarro, contribuem para secar e causar coceira e ardência nos olhos também.

Perda prematura das lágrimas

O aumento da evaporação da lágrima pode ser causado por uma condição chamada de blefarite, que é a produção inadequada de óleo a partir das glândulas. Uma pálpebra que não cobre completamente os olhos com cada piscar pode levar a exposição do olho e à consequente secura. Da mesma forma, passar muitas horas de leitura em um computador resulta em menor frequência de piscadas e lubrificação dos olhos. Alergias oculares e gotas tópicas contendo conservantes podem perturbar a película lacrimal. Lentes de contato e deficiência de vitamina A também fazer os olhos mais secos ao longo do tempo. Se o ambiente de trabalho de uma pessoa está empoeirado e tem má qualidade do ar, pode levar a um olho seco devido à perda excessiva de lágrimas.

Cuidando dos olhos irritados

Compreendendo melhor as possíveis causas dos olhos vermelhos e ardendo, você poderá ajudar seu médico a chegar no diagnóstico correto e te orientar ao tratamento adequado. (Foto: www.providencephysicianc.com)

Variabilidade dos sintomas

Se você tem a produção de lágrima mínima, perda excessiva lágrima ou ambos, os seus sintomas podem variar desde uma leve irritação à um dor severa nos olhos. Onde você cair ao longo deste espectro depende da causa da sua secura ocular e quanto tempo o olho já está seco. Em geral, quando as lágrimas não são suficientes para lubrificar a superfície do olho, os vasos sanguíneos de seus olhos se dilatam, deixando os olhos vermelhos. O olho fica ardendo, e pode ficar sensível à luz. A visão fica embaçada, o que pode fazer você piscar com mais freqüência. Você pode até mesmo ter um lacrimejamento excessivo, o que é uma resposta reflexa à secura ocular.

Determinando a causa dos olhos secos e ardendo

Seu médico irá rever todos os seus sintomas para averiguar por que seus olhos estão doloridos e secos. Dores nas articulações ou ritmo cardíaco rápido pode indicar doenças artríticas ou de tireoide como potenciais causas de olhos secos. Pele vermelha e irregular no nariz e bochechas poderia ser uma indicação de acne rosácea, uma condição que afeta a produção de óleos nas lágrimas e resulta em perda de lágrima. Se você olhar para uma tela de computador por muitas horas durante o dia, têm ar quente em casa, usa maquiagem pesada ou fuma, modificações de estilo de vida podem ajudar a restaurar a saúde dos olhos e voltar a ter lágrimas saudáveis.

O que fazer para os olhos secos e ardendo?

Primeiro, esse artigo serve para te ajudar a nortear o diagnóstico de um médico, filtrando causas mais reais de acordo com seu estilo de vida. Em segundo, você deve obrigatoriamente agendar uma visita ao seu médico logo após ler este artigo. Automedicação ou tratamentos caseiros sem um diagnóstico apropriado podem acabar agravando seu problema, prejudicando sua saúde ainda mais. Os tratamentos abaixo servem para amenizar a situação até o tratamento final por um profissional de saúde.

Evite alérgenos. A melhor maneira de tratar os olhos que estão vermelhos e doloridos devido a alergias é reduzir a sua exposição aos alérgenos. Se você é alérgico a pólen, fique dentro de casa quando possível durante a alta temporada de pólen, adicionando filtros de ar no ar condicionado e umidificadores pela casa. Mantenha as janelas e portas fechadas e mude de roupa quando você vem de fora. Quando tiver que sair, use óculos escuros para manter o máximo de pólen possível fora de seus olhos. Tome banho antes de ir para a cama para remover o pólen de seu cabelo e prevenir que passe para o seu travesseiro.

Cuidado calmante. O olhos podem ficar piores se você está esfregando ou riscando, de modo que é importante não esfregá-los. Uma compressa fria pode trazer alívio calmante. Tente colocar uma toalha molhada no congelador durante alguns minutos e, em seguida, aplicar aos olhos. Se usar lentes de contato, retire-as se seus olhos estão especialmente coçando e vermelhos. Além disso, remova qualquer maquiagem dos olhos para evitar o contato nos olhos, podendo piorar a secura e ardência. Camomila pode ser usada na água que vai para o congelador antes de fazer uma compressa nos olhos, ajudando a aliviar as dores ainda mais.

Lentes de contato. Se você usa lentes de contato, as alergias podem representar um desafio especial. Seus olhos podem se sentir ainda pior quando você usar suas lentes, e, se você esfregar os olhos, você pode danificá-las. Se os sintomas forem graves, tente mudar para óculos até que seus olhos se sintam melhor. Lentes de contato descartáveis ​​que você joga fora a cada noite são outra opção, pois podem ser menos suscetíveis de agravar a irritação causada por alergias. Não use nenhum colírio com as lentes de contato antes de consultar o seu médico , porque certos medicamentos podem danificar suas lentes.

Medicamentos. O seu médico pode recomendar colírios que podem aliviar os olhos vermelhos e irritados. Anti-histamínicos orais, que mudam a maneira como seu corpo responde aos alérgenos, também são usados ​​para reduzir a vermelhidão nos olhos. Se suas dores e olhos vermelhos não respondem aos remédios caseiros e medicamentos simples, consulte o seu médico sobre os medicamentos sujeitos a receita médica, como colírios esteroides ou anti-histamínicos mais fortes.

Como sempre, nunca se auto medique. Consulte seu médico e trate com responsabilidade de seus problemas.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.