Guia completo sobre lentes de contato!

Escrito na categoria "Saúde" por André M. Coelho.

Pensando em tentar lentes de contato? As lentes de contato são mais versáteis do que nunca. Comece por compreender os prós e os contras de tipos comuns de lentes de contato e as regras básicas de prevenção de infecções oculares e de uso das lentes. Mas não se esqueça de começar a frequentar um médico antes de achar ou tomar qualquer decisão sobre sua visão.

Lentes de contato macias

Lentes de contato gelatinosas são o tipo mais popular de lentes de contato. As lentes de contato macias podem ser usada para corrigir os seguintes problemas de visão:

Lentes de contato gelatinosas adaptam-se à forma do seu olho. Elas são confortáveis ​​e tendem a permanecer no local também, por isso elas são uma boa escolha se você participa de esportes ou leva um estilo de vida ativo.

As lentes de contato moles vêm em vários tipos, tais como:

Lentes de contato

Algum dos tipos de lentes de contato vai com certeza servir para você. (Foto: www.yourlens.com)

Lentes de contato rígidas

Lentes de contato rígidas oferecem visão clara e nítida para a maioria dos problemas de visão. Lentes de contato rígidas podem ser especialmente atraentes se você já tentou de lentes de contato gelatinosas e ficou insatisfeito com os resultados.

As lentes de contato duras são frequentemente mais respiráveis do que são as lentes de contato gelatinosas, o que reduz o risco de infecções oculares. As lentes de contato mais duras devem ser retiradas para a limpeza e desinfecção à noite.

Pode levar até uma semana para se ajustar a lentes de contato rígidas, e elas são mais propensos a escorregar do centro de seu olho do que lentes de contato gelatinosas, o que pode levar ao desconforto e à visão turva.

Se a sua receita médica não mudar e você tomar cuidado com suas lentes de contato rígidas, você pode usar o mesmo par de lentes por dois a três anos.

Lentes especiais

Vale lembrar que existem certas lentes especiais para problemas como o ceratocone. (Foto: www.theeyepractice.com.au)

Lentes de contato especializadas

Dependendo das suas necessidades de visão, você pode considerar lentes de contato especializados, tais como:

Obtendo o ajuste certo

Se você decidir que quer tentar lentes de contato, consulte o seu oftalmologista para um exame oftalmológico completo e adequado, que pode até prevenir problemas mais graves. Agende exames de acompanhamento, como recomendados por seu oftalmologista. Você pode precisar de um exame de acompanhamento após uma semana, um mês e seis meses, e depois, uma vez por ano.

Tipos de lentes diferentes

As lentes rígidas e macias atendem à diferentes necessidades que uma pessoa possa ter na hora de usar uma lente no dia a dia. (Foto: www.eagleeyecentre.com.sg)

Evitando infecções oculares

Lentes de contato, de qualquer tipo, aumentam o risco de infecção da córnea, simplesmente porque as lentes de contato reduzem a quantidade de oxigênio que atinge as córneas. Infecções oculares não são inevitáveis, no entanto. Para evitá-las, recomendamos:

Mesmo com o uso adequado e cuidados, olhos secos podem ser um problema para usuários de lentes de contato. Se seus olhos tem coceira ou vermelhidão constantes, remova suas lentes de contato e use colírios lubrificantes. Se a sua visão fica embaçada ou sente dor nos olhos, sensibilidade à luz ou de outras problemas, retire suas lentes de contato e consulte o seu oftalmologista para tratamento imediato. Seus olhos são muito delicados e devem ser tratados com o devido carinho.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André fez parte de uma das primeiras equipes de Parkour no Brasil. Desde então, atuou junto de educadores físicos, nutricionistas, fisioterapeutas e profissionais da saúde para aperfeiçoar seus conhecimentos. Desde 2012, escreve dicas de saúde e exercícios físicos que aprendeu e continua aprendendo. Em 2019 tornou-se instrutor de Muay Thai e Kickboxing, compartilhando com seus alunos para ensinar tudo que aprendeu.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.