Musculação, Ginástica, Corrida, Futebol e uma série de esportes. O esporte é capaz de trazer muitos benefícios para a saúde, mas e a sua coluna, como vai? Muita gente não sabe, mas a prática incorreta ou em intensidade elevada pode causar danos a sua coluna.

Estudos apontam que as maiores lesões são na parte cervical e na lombar. É importante destacar que cada uma dessas regiões tem características anatômicas totalmente distintas, assim como seus tratamentos.

Na seqüência do artigo vamos falar sobre algumas destas lesões, lembrando que não estamos afirmando que quem pratica os esportes descritos abaixo terão as lesões apresentadas, as lesões acontecem por situações esporádicas ou por repetições incorretas em longo prazo.

Dentre os esportes, a natação é considerada o melhor esporte para a coluna. Para entender melhor estes benefícios, segue abaixo um vídeo que explica as mudanças na postura e fortalecimento das estruturas envolvidas.

Distensão Cervical

Acontece quando há um estiramento simples, ou ruptura completa nos tecidos moles como os tendões, ligamentos e músculos, estruturas que oferecem sustentação da coluna cervical. Este tipo de lesão geralmente ocorre quando há hiperflexão ou hiperextensão da coluna cervical.

Praticantes de automobilismo, hipismo e ginástica olímpica, sofrem repetidamente aceleração e desaceleração em alta velocidade, movimentos que podem causar Distensão Cervical.

O grau de gravidade da lesão pode variar desde leve torcicolo até mesmo uma instabilidade crônica provocada pela ruptura completa de alguns ligamentos, afetando a raiz nervosa e provocando dormência ou até mesmo diminuição da força dos membros superiores.

O tratamento varia de acordo com a gravidade, nos casos mais simples geralmente a região é imobilizada e é feito o uso de analgésicos, além de medicação venosa para dor e relaxamento muscular.

Qual esporte faz bem pra coluna?

Esporte faz bem pra coluna?

Discos Cervicais

Lesões dos discos cervicais são bem freqüentes entre os problemas comuns na coluna. Discos que tem função de amortecimento e estão localizados entre as vértebras e próximos as raízes nervosas.

Quando existe lesão do disco cervical, a hérnia provocada é pequena, mas suficiente para provocar um incomodo terrível. Lesões estas que são freqüentes no intervalo da quarta até a sétima vértebra cervical.

Lesões que geralmente são causadas por movimentos que provocam compressão da cabeça para baixo, por exemplo, quando levantamos rapidamente e batemos a cabeça no teto do automóvel ou em casos de bater a cabeça no fundo da piscina, ou lagoa em mergulhos.

O tratamento feito geralmente é conservador com uso de colar cervical, além do uso de analgésicos, anti-inflamatórios, relaxantes musculares, e em muitos casos sessões de fisioterapia. Cirurgia já é mais complicado, e até hoje existe uma discussão tremenda entre os médicos antes de decidir entre fazer ou não cirurgia de hérnia de disco.

Nos casos mais graves onde é preciso intervenção cirúrgica, há a retirada dos fragmentos deste disco danificado ou até mesmo a retirada total do disco sendo implantada uma prótese no local.

Coluna Lombar

Esta é a região mais afetada em praticantes de esportes como halterofilismo, fisiculturismo, além daqueles que tem impacto repetitivo, como o vôlei, basquete, skate e etc.

As lesões geralmente acontecem entre a quarta e a quinta vértebra lombar, e a quinta lombar e a primeira vértebra sacral. As lesões são resultados de um esforço excessivo em flexão, rotação e excesso de carga.

Com a compressão, pode existir dormência, formigamento ou até mesmo falta de força em um ou os dois membros inferiores. Para confirmação da lesão é necessário a realização de exames clínicos como raios X, tomografia computadorizada e até mesmo ressonância magnética.

Nestes casos é necessário afastamento das práticas esportivas durante o tratamento. Uso de analgésicos, antiinflamatório, relaxante muscular, fisioterapia geralmente são suficientes para promover melhoria no quadro.

Antes de finalizar este artigo, faz-se necessário informar que apesar destes riscos, o benefício adquirido com a prática de qualquer atividade física é infinitamente superior, desde que praticado em condições idéias. Pensar que não praticar exercício devido à possibilidade destas lesões, é um grave erro.

Devemos alertar que a prevenção é o melhor remédio, é muito importante realizar uma avaliação médica antes de iniciar qualquer atividade prática. Outra dica importante é realizar uma pesquisa sobre o esporte que pensa em praticar e quais são os equipamentos idéias para sua prática, tudo isso pode contribuir e muito para a diminuição dos impactos da prática e riscos de lesões.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.