Se você está aqui, você provavelmente já foi diagnosticado, ou suspeita que você tem Degeneração Macular, ou alguém que você gosta de acaba de ser diagnosticado ou suspeitam que eles tem a doença. Antes de continuar lendo, precisamos deixar claro que nenhum conselho ou informação de internet substitui uma visita ao oftalmologista. Esse é o médico responsável por garantir a saúde dos olhos e proporcionar o tratamento adequado para sua condição de saúde. Aqui só damos informações gerais para que as pessoas conheçam mais sobre esse problema de saúde e se desfaçam de muitos dos mitos acerca do problema. Avisos dados, vamos então a explicação do problema.

Degeneração macular: o que é? Tem cura?

Degeneração Macular é a principal causa de perda de visão, afetando mais pessoas do que cataratas e glaucoma combinados. Atualmente, a Degeneração Macular é considerada uma doença ocular incurável. Ela é causada pela deterioração da porção central da retina, a camada interna do olho que registra as imagens que vemos e as envia através do nervo ótico do olho ao cérebro. A porção central da retina, conhecida como mácula, é responsável por focalizar a visão central no olho, e controla nossa capacidade de ler, dirigir um carro, reconhecer rostos ou cores e ver objetos em detalhes finos.

Pode-se comparar o olho humano com uma câmera. A mácula seria a área central e mais sensível do sensor fotográfico. Quando ela está funcionando adequadamente, a mácula recolhe as imagens altamente detalhadas no centro do campo de visão e envia pelo nervo ótico ao cérebro, que as interpreta como a visão. Quando as células da mácula se deterioram, as imagens não são recebidas corretamente. Nos estágios iniciais, a degeneração macular não afeta a visão. Mais tarde, se a doença progride, as pessoas experimentam visão ondulada ou turva e, se a condição continuar a piorar, a visão central pode ser completamente perdida. Pessoas com degeneração macular muito avançada são consideradas legalmente cegas. Mesmo assim, como o resto da retina ainda está funcionando, elas mantêm sua visão periférica, que não é tão clara quanto a visão central.

Como acontece a degeneração macular

A degeneração macular causa uma perda da visão, e pode prejudicar muito o dia a dia de um indivíduo. (Foto: divulgação)

Tipos de Degeneração Macular: Degeneração Macular Seca e Degeneração Macular Exsudativa

Existem dois tipos básicos de degeneração macular: “seca” e “molhada” (exsudativa). Aproximadamente 85% a 90% dos casos de Degeneração Macular são do tipo “seco” (atrófico), enquanto 10-15% são os “molhado”. A doença de Stargardt é uma forma de degeneração macular encontrada em jovens, causada por um gene recessivo.

A degeneração macular seca é causada pelo envelhecimento e afinamento dos tecidos da mácula, com perda de visão geralmente gradual. Na degeneração macular exsudativa, perda da visão pode ser rápida e grave. Ela ocorre quando vasos sanguíneos anormais se formam no fundo do olho, extravasando líquidos para os olhos e prejudicando a visão.

Estágios da Degeneração Macular em jovens ou relacionada à idade e sintomas

Degeneração macular precoce: a maioria das pessoas não experimenta perda de visão no estágio inicial da degeneração macular, razão pela qual ter exames regulares com o oftalmologista são importantes, especialmente se você tiver mais de um fator de risco. A degeneração precoce é diagnosticada pela presença de depósitos amarelos sob a retina.

Degeneração macular intermediária: pode haver alguma perda de visão, mas ainda pode não haver sintomas visíveis. Um exame oftalmológico abrangente com testes específicos procurará alterações maiores na pigmentação na retina. A visão pode parecer embaçada ou com pontos cegos, ou mesmo pontos pretos na visão.

Degeneração macular tardia: a perda de visão tornou-se perceptível, e o diagnóstico é feito com facilidade pelo médico. Nesse estágio, podem haver vários pontos cegos na visão ou um grande ponto cego, como uma mancha no meio da visão.

Causas da degeneração macular

Os fatores específicos que causam a degeneração macular não são completamente conhecidos, e a investigação sobre esta doença pouco compreendida é limitada. O que se sabe sobre a Degeneração Macular é que as causas são complexas, mas incluem a hereditariedade e o ambiente do indivíduo. Os cientistas estão trabalhando para compreender o que faz com que as células da mácula deteriorem-se, e procuram um avanço no tratamento da degeneração macular. Eles sabem que as causas não são as mesmas para a degeneração macular relacionada à idade como são para a doença de Stargardt e outras condições causadoras da degeneração da mácula.

Fatores de risco para Degeneração Macular

O maior fator de risco para Degeneração Macular é a idade. O seu risco aumenta à medida que envelhecemos, e a doença é mais provável de ocorrer em quem tem 55 anos ou mais. Outros fatores de risco incluem:

Genética: pessoas com história familiar de degeneração macular estão em maior risco.

Raça: caucasianos são mais propensos a desenvolver a doença do que afrodescendentes ou hispânicos/latinos.

Fumar: dobra o risco da Degeneração Macular.

Tratamento para Degeneração Macular

Atualmente, não há nenhuma cura conhecida para a Degeneração Macular, mas há coisas que você pode fazer para reduzir os riscos e, possivelmente, retardar a progressão, uma vez que você for diagnosticado. Por exemplo, pode-se buscar mudanças no estilo de vida, como fazer dieta, exercitar, evitar fumar e proteger os olhos da luz ultravioleta. Seu médico pode passar mais forma de tratamento e prevenção da doença.

Você tem ou conhece alguém que tenha Degeneração Macular? Qual tratamento seu médico recomendou? Como faz para administrar a doença?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.