Oleosidade do cabelo e da pele depende de uma série de fatores. Uma substância oleosa conhecida como sebo é a principal causa . O sebo é produzido por glândulas sebáceas localizadas na base de cada haste capilar da pele, incluindo o couro cabeludo. Hormônios masculinos chamados androgênios gerenciam a produção de sebo. Para as pessoas com cabelos e/ou pele oleosas, as glândulas sebáceas estão trabalhando horas extras e/ou estão em maior número, produzindo um excesso de sebo.

A genética, puberdade, calor e umidade também afetam a produção de óleo. As pessoas que têm boa textura do cabelo e/ou uma abundância de pelos tendem a ter o cabelo mais oleoso do que aquelas com cabelos crespos e/ou menos cabelo.

Seu cabelo atual e regime de cuidados da pele não é apenas ineficaz para você, se você está lidando com excesso de oleosidade, mas também um inconveniente, um desperdício de tempo, dinheiro, água e que interfere com a sua vida social.

A consulta médica: o começo de todo diagnóstico e tratamento

Você falou com o seu dermatologista sobre o seu cabelo oleoso e pele oleosa? Se sim, pode ser uma hora para uma segunda opinião de outro dermatologista. Além de olhar para a condição de seu couro cabeludo, pelos e pele facial, o dermatologista pode fornecer estratégias e sugerir/prescrever produtos, incluindo novos tratamentos, que podem ajudá-lo a gerenciar o excesso de óleo. Dermatologistas têm às vezes amostras disponíveis que você pode testar a eficácia, sem nenhum custo para você.

Cuidados paliativos para o tratamento da pele/cabelos oleosos

São cuidados paliativos porque nós não iremos substituir o diagnóstico preciso de um dermatologista. Estamos buscando dar aos nossos leitores uma opção para aliviar os sintomas enquanto não podem buscar um especialista.

Cuidados para pele e cabelos oleosos

Cuidados básicos podem impedir e até curar totalmente problemas de pele e cabelos oleosos. Mas não deixe de se consultar com um dermatologista antes de se tratar! (Foto: www.sorbetcosmetics.com)

  • Para os cabelos oleosos:

Xampu diariamente e condicionador especialmente formulados para cabelos oleosos.Encontrar um que funciona para você vai levar tempo. Teste diferentes marcas e tipos.

Massageie suavemente o couro cabeludo durante a lavagem do cabelo e deixe a espuma por pelo menos cinco minutos antes de enxaguar. Repita imediatamente se o cabelo é particularmente oleoso e de novo no final do dia, se for necessário.

Passe o condicionador. Use uma quantidade mínima para as pontas do cabelo e não apenas as raízes, aplicando apenas quando necessário.

Escove/penteie o cabelo de forma rápida e raramente. Ao trabalhar a escova ou pente pelo cabelo , evite o contato com o couro cabeludo. Isto ajuda a impedir ou limitar a transferência de óleo do couro cabeludo para o cabelo.

Se tiver um couro cabeludo oleoso, use um xampu que contenha um detergente, tal como amônio ou lauril sulfato de sódio. Aplique um adstringente suave diretamente no couro cabeludo para o poder de combate de óleo extra.

  • Para a pele oleosa:

Depois de acordar e antes de ir para a cama, usar um limpador suave que é especialmente formulado para a pele oleosa, ou sabão simples que não contenha fragrâncias ou corantes, e água quente para lavar o rosto. Para a pele extremamente oleosa, limpar o rosto durante o dia, mas evite exageros, pois pode deixar a pele seca demais.

Passe o hidratante nas partes oleosas da face.Para as áreas normais ou secas , use uma loção livre de óleos

Aplique um adstringente suave para aliviar o brilho ainda mais.

Escolha produtos sem óleo.À base de água ou em pó ao invés de cremes.

Estresse e a utilização de contraceptivos orais afetam os níveis de androgênio no organismo, o que pode levar a um aumento na produção de óleo. Para minimizar este efeito, adote algumas técnicas para ajudar a gerenciar o estresse, tais como meditação, massagem, acupuntura e/ou Ioga. E, se você estiver usando pílulas anticoncepcionais, converse com o seu ginecologista sobre outros tipos de pílulas anticoncepcionais ou opções que podem ter menos impacto sobre a oleosidade de seu cabelo e/ou pele.

Vendo um dermatologista e seguir suas recomendações ao pé da letra pode ajudar a esclarecer as suas preocupações, além de acabar rapidamente com o problema.

Como vocês resolveram a oleosidade em suas peles? Vocês foram em um dermatologista? Quais as soluções que realmente funcionaram? Compartilhem conosco suas ideias nos comentários abaixo!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.