Este artigo de hoje é especial para a galera que curte fazer trilhas. Confiram as nossas dicas pra você que curte sair bem cedinho para dar aquele passeio em meio à natureza.

A fórmula básica é se alimentar bem e montar uns sanduíches para se alimentar durante o percurso, levar água é fundamental e talvez um suco também seja muito interessante. Caso você não estiver fazendo isso, você começou errado.

Neste artigo vamos falar da alimentação de quem irá fazer trilha, em especial vamos falar do que você deve comer no café da manhã no dia da trilha, além é claro do que você deve evitar comer.

Dicas de alimentação para o dia anterior

Para começar nossas dicas que tal se preparar desde o dia anterior? Você deve evitar alimentação de refeições conhecidas como pesadas. Estamos falando de pizzas, pastéis, frituras, tortas e/ou sobremesas gordurosas, etc.

É interessante que você monte um esquema de refeição que tenham alimentos ricos em carboidratos e proteínas. Alguns exemplos de alimentos que entram nessas características são: macarrão, carne branca, saladas e frutas em geral.

Café da manhã no dia da trilha

Chegamos ao dia esperado! No café da manhã do dia da trilha você deve fazer uma refeição bem inteligente. Esta refeição deve ser reforçada, mas não deverá conter alimentos pesados, assim como no dia anterior.

É indicado que se alimente com uma hora de antecedência e que seu cardápio contenha vários dos alimentos que vamos citar a seguir.

  • Carboidratos – pães, cereais, arroz, batata, ou massa
  • Proteínas – leite e derivados, peito de peru, ovos ou carnes
  • Frutas e vegetais – em forma de sucos, saladas ou cozidos
O que não comer antes da trilha?

O que comer no café da manha no dia da trilha?

Um exemplo de café da manhã bem feito para quem vai fazer uma trilhar é um sanduíche recheado com queijo branco e/ou peru, 1 iogurte com cereais + 1 suco de frutas.

Existem alguns alimentos que são ótimas fontes de energia, mas não se enquadram nesta situação por terem uma absorção lenta, o que iria interferir significativamente no fornecimento de energia. Queijos escuros, presunto e ovo só irão pesar o estomago.

Os nutricionistas alertam para sucos e frutas que tem como capacidade de soltar o intestino. Laranja, mamão e ameixa são frutas que sem dúvida devem ser evitadas. A melhor fruta para essa primeira refeição é a banana.

Como foi dito no início do artigo a boa trilha parte desde o dia anterior e vai até você retornar para casa, sendo assim, você precisa se preocupar com o período que irá passar no percurso.

Mesmo que seu café da manhã tenha sido eficiente, é aconselhado que você leve alimentos para a trilha. É indicado que você se alimente de 3 em 3 horas. As melhores opções são frutas, barrinhas de cereal, biscoitos integrais, nozes e queijos que não precisam de geladeira.

As frutas são ótimas opções, mas sempre tem uma que não é indicada para cada caso não é mesmo? No momento da trilha acontecendo, a ingestão de maça não é indicada. Ela é conhecida por ser uma fruta que dá fome, isso acontece porque ela possui propriedades adstringentes, ela realiza uma limpeza no estômago, preparando-o para receber a refeição.

Hidratação e trilhas

Durante os dias de planejamento da sua trilha você deve atentar para possíveis fontes de água potável durante o percurso. É fundamental calcular o tempo de caminhada e a intensidade da trilha, a fim de levar consigo a quantidade ideal de água para terminar a atividade em segurança e bem hidratado.

Cuidados durante a trilha

Agora vamos falar das bebidas isotônicas. A ingestão destas bebidas durante a trilhar não vai te ajudar em nada, elas podem repor sais minerais, mas não devem ser ingeridas em excesso. A melhor hora de tomar qualquer bebida isotônica é após o final da trilha.

Outro erro grave de quem faz trilhas é quanto à forma de agir quando alguém sente um mal estar. A maioria das pessoas sempre corre para dar algo salgado para a pessoa acometida, mas isso pode ser um erro grave.

O mal estar nem sempre é sinal de pressão baixa, pelo contrário, o problema pode ser pressão alta e o sal pode piorar a situação significativamente. A nossa dica final é que no grupo tenha sempre alguém capacitado para identificar esses problemas e prestar primeiros socorros.

Chegamos ao final deste artigo e agrademos a sua atenção! Agora que tem todas as informações em mãos, basta colocá-las em prática e se divertir na trilha, que por sinal é uma atividade fantástica e muito prazerosa.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.