Comer alimentos que causam inflamação pode levar a uma série de problemas, desde o ganho de peso até dor debilitante nas articulações. Ao entender os maiores culpados da inflamação, você saberá quais alimentos evitar e o que comer em vez disso. Aqui descrevemos dez principais alimentos que podem estar causando inflamação em seu corpo e idéias de substituição.

Açúcar é um dos alimentos que causam inflamação

Embora provavelmente não seja uma surpresa que o açúcar deva ser limitado em sua dieta, muitas pessoas não sabem o quanto o açúcar pode fazer. Nossos corpos não podem lidar com altos níveis de glicose porque não temos meios para processá-lo rapidamente. À medida que os níveis permanecem elevados, o nosso corpo produz mensageiros pró-inflamatórios conhecidos como citocinas, para lidar com o excesso.

Procure por alimentos ricos em proteínas para ajudar a equilibrar seu nível de glicose. Se você está procurando por um deleite doce tente um pedaço de fruta ou um pequeno pedaço de chocolate amargo para conter o desejo.

Frituras contribuem para a inflamação

Os alimentos fritos são outra grande armadilha em termos de inflamação. Os alimentos fritos em óleo vegetal contêm altos níveis de produtos finais da glicação avançada. A idade é um marcador de inflamação. Um estudo já concluiu que as pessoas que limitaram a ingestão de alimentos fritos apresentaram queda significativa em seu nível de produtor finais da glicação avançada. Isso mostra que quanto menos alimentos fritos você come, menor a inflamação.

Felizmente, ao limitar esses alimentos, você verá uma diminuição da inflamação. Alimentos devem ser preparados com gordura mais saudável, como azeite ou óleo de coco, o que pode ajudá-lo a afastar a inflamação.

Vegetais e outros óleos ricos em Ômega-6 contribuem para a inflamação

À medida que aprendemos mais sobre os ácidos graxos Ômega-6 e seus efeitos sobre a inflamação, sabemos que limitar esses tipos de gorduras é fundamental para um corpo saudável. Tente evitar alimentos preparados com vegetais, milho, cártamo, girassol, semente de uva, soja e óleos de oleaginosas.

Os alimentos preparados com óleos ricos em ácidos graxos ômega-3, como o azeite ou o óleo de coco são opções muito melhores. Para controlar a qualidade dos alimentos como molho de salada, tente fazer o seu próprio molho. Você pode se surpreender com a facilidade de arrumar uma forma de agradar seu paladar com uma boa combinação.

Alimentos que causam inflamação

Vários alimentos não saudáveis podem contribuir para a inflamação e piorar certas condições de saúde. (Foto: Food Network)

Laticínios contribuem para a inflamação

Outro concorrente para os piores causadores de inflamação é a categoria de produtos lácteos. Os seres humanos estão consumindo leite há milhares de anos. No entanto, apenas nos últimos vinte anos descobrimos que nossos corpos fazem um trabalho ruim processando os altos níveis de caseína e lactose encontrados no leite. Quando comemos ou bebemos um produto lácteo, nossos corpos veem isso como uma substância estranha e reagem com uma resposta inflamatória.

Substituir o leite de vaca é simples com tantas opções, incluindo leite de arroz, leite de amêndoas, leite de soja e até leite de oleaginosas. Os queijos feitos a partir de leite de cabra oferecem uma alternativa saudável.

Entre os alimentos que aumentam a inflamação está a farinha refinada

A farinha em sua forma original estava cheia de ingredientes saudáveis ​​que ajudaram na digestão. A farinha de hoje é refinada e alimentos como biscoitos, pão, arroz branco e outros produtos agora não possuem fibras de digestão lenta que nos ajudaram a processá-la.

Procure por farinhas naturais e não refinadas para substituir seus equivalentes refinados menos saudáveis.

Glúten pode contribuir para sua inflamação

Quanto mais entendemos sobre o glúten, mais parece se tornar um alimento que todos deveríamos limitar. Além dos problemas de alergia, mesmo as pessoas que podem tolerar o glúten descobriram que isso pode levar à inflamação. Ao cortar o glúten de suas dietas, há uma redução na adiposidade (uma medida da quantidade de gordura corporal), inflamação e resistência à insulina. Evitar o glúten pode ser uma parte fundamental de evitar a inflamação.

À medida que nos tornamos mais conscientes do problema decorrente do consumo de glúten, mais produtores de alimentos estão oferecendo opções sem glúten que são tão saudáveis e saborosas para você.

Ingredientes artificiais contribuem para a inflamação

Se você não consegue ler um ingrediente listado no seu pacote de alimentos, as chances são de que seu corpo também não o reconhecerá. Ingredientes artificiais como aditivos alimentares, conservantes, colorantes artificiais e aromatizantes são compostos químicos que são estranhos aos nossos corpos. Toda vez que comemos um desses alimentos químicos carregados, nossos corpos lançam uma resposta do sistema imunológico levando a inflamação.

Fique atento aos alimentos com rótulos onde você pode facilmente ler todos os ingredientes listados. Quanto mais natural você come, menos inflamação você terá.

Gorduras saturadas ou gorduras trans podem causar inflamação

Toda vez que comemos gorduras saturadas ou trans, nossos corpos lançam um ataque em grande escala sob a forma de inflamação. As gorduras trans como os óleos hidrogenados fazem com que o corpo libere lipoproteínas de baixa densidade que levam à inflamação. Pessoas com dietas com alto teor de gordura trans apresentam níveis mais elevados de marcadores que apresentam inflamação sistêmica

Substitua as gorduras saturadas e não saturadas por gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas que aumentam os níveis de colesterol bom (HDL) e diminuem o colesterol ruim (LDL).

Carnes alimentadas com cereais

A maioria dos animais alimentados com cereais recebe antibióticos e hormônios para ajudá-los a crescer. Historicamente, galinhas, vacas e porcos não comem uma dieta à base de grãos, que agora é a principal fonte de alimentação. Isso levou à necessidade de substâncias químicas potencialmente nocivas para atingir o tamanho total.

Embora o custo seja um pouco maior, a carne alimentada com grama  que não está exposta a hormônios ou antibióticos vale a compensação em termos de saúde.

Fast food pode contribuir para a inflamação

Enquanto muitas cadeias de fast food estão crescendo com itens de menu mais saudáveis, esses alimentos continuam a ser um contribuinte importante para problemas inflamatórios. Evitar as armadilhas de fast food frito que geralmente é carregado com gorduras saturadas ajudará a reduzir a inflamação.

Quando você não pode cozinhar em casa, procure as opções de refeições mais saudáveis ​​que economizam gorduras pouco saudáveis ​​e oferecem carnes livres orgânicas e químicas.

Ao evitar esses dez grupos de alimentos, você pode ajudar a manter a inflamação à distância. Embora ninguém seja perfeito, limitar esses alimentos ajudará a manter seu corpo saudável e livre de inflamações indesejadas.

Quais desses alimentos você ainda come? Quais você prefere evitar?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.