Vitiligo é um problema de pele em que existe uma perda da cor castanha (pigmento) em certas áreas de pele, o que resulta em manchas brancas irregulares que se sentem como a pele normal.

Vitiligo: o que causa?

Vitiligo tem causas que parecem ocorrer quando as células imunitárias destroem as células que produzem o pigmento castanho (melanócitos). Esta destruição é provavelmente devido a um problema auto-imune, mas a sua causa é desconhecida.

Vitiligo pode aparecer em qualquer idade. Há um aumento da taxa da doença em algumas famílias. A condição afeta cerca de 1 em cada 100 pessoas, geralmente.

Vitiligo está associado a outras três doenças auto-imunes:

  • Doença de Addison;
  • Hipertireoidismo;
  • Anemia perniciosa.

Vitiligo: sintomas

Áreas com o problema na pele normal, sem qualquer pigmento, aparecem de repente ou gradualmente. Essas áreas têm uma borda mais escura. As bordas são bem definidas, mas irregulares.

Vitiligo na maioria das vezes afeta a face, cotovelos e joelhos, mãos e pés, e genitais. Ela afeta ambos os lados do corpo igualmente. Vitiligo é mais perceptível em pessoas de pele mais escura por causa do contraste de manchas brancas contra a pele escura. Outras alterações cutâneas não ocorrem.

Vitiligo: exames e testes

O médico geralmente pode examinar sua pele para confirmar o diagnóstico. Às vezes, o especialista em saúde pode usar a luz de Wood. Este é um dispositivo portátil em que a luz ultravioleta faz com que as áreas de pele com menos pigmentos tenham um brilho branco brilhante. Em alguns casos, uma biópsia da pele pode ser necessária para descartar outras causas de perda de pigmento. Seu médico também pode realizar exames de sangue para verificar os níveis de tireoide ou outros hormônios e vitamina B12.

Corpo e áreas afetadas pela vitiligo

A vitiligo também pode alterar a cor de pelos no corpo, já que o mesmo pigmento que colore a pele colore os pelos. (Foto: www.daavlin.com)

Vitiligo: tratamento

Vitiligo é difícil de tratar. Opções de tratamento precoce incluem os seguintes:

Fototerapia. Um procedimento médico em que a sua pele é cuidadosamente exposta à luz ultravioleta. A fototerapia pode ser administrada isoladamente, ou depois de tomar uma droga que faz com que sua pele fique sensível à luz. Um dermatologista realiza este tratamento.

Medicamentos aplicados à pele. Cremes ou pomadas de corticosteroides, cremes ou pomadas imunossupressoras  (como pimecrolimus e tacrolimus), medicamentos de uso tópico (como metoxsaleno).

Enxerto. Pele pode ser movida (enxertada) das áreas de pigmentação normal e colocadas em áreas onde há perda de pigmento .

Maquiagem. Várias maquiagens ou corantes de pele podem mascarar a vitiligo. Pergunte ao seu profissional de saúde para os nomes desses produtos.

Despigmentação. Em casos extremos, quando a maior parte do corpo é afetado, a pele restante que ainda tem pigmento pode ser despigmentada. Esta é uma mudança permanente, que é usada como um último recurso.

É importante lembrar que a pele sem pigmento está em maior risco de danos causados ​​pelo sol. Certifique-se de aplicar um protetor solar de amplo espectro (UVA e UVB) e usar acessórios apropriados contra a exposição ao sol.

Vitiligo tem cura?

Vitiligo não tem cura ainda. Porém, pesquisas genéticas recentes tem se mostrado promissoras, mas ainda estamos distantes de uma cura.

Vitiligo é contagioso?

A vitiligo não é contagiosa.

Vitiligo: prognóstico

O curso do vitiligo é bastante variável e imprevisível. Algumas áreas podem recuperar o pigmento normal (coloração), mas outras novas áreas com perda de pigmento podem aparecer. Pele que é repigmentada pode ser ligeiramente mais clara ou mais escura do que a pele circundante. Perda de pigmento pode piorar com o tempo.

Vitiligo: quando entrar em contato com um profissional médico?

Marque uma consulta com seu médico se as áreas de sua pele perdem sua coloração sem motivo (por exemplo, não houve nenhuma lesão na pele). Quanto antes iniciado o tratamento, mais chances de reduzir as consequências estéticas da vitiligo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.