Para iniciar este artigo precisamos deixar bem claro que o nosso organismo precisa de uma palavra para definir a ordem de tudo, a palavra é sinergia. Mas o que é isso? Estamos falando de uma interação de todos os sistemas de nosso corpo.

Bioquímica, fisiologia, aspectos sociais, aspectos emocionais e cognitivos se inter-relacionam e é dentro deste processo complexo que a nutrição funcional é trabalhada. Todos os órgãos do seu corpo só irão funcionar bem se o conjunto de células que o compõe atuarem adequadamente.

Quais as necessidades de cada metabolismo?

Não podemos esquecer sobre a diversidade dos seres humanos. Seja ela pela forma, cor, altura, etc. Quando falamos de atividade metabólica, a diversidade é ainda mais complexa, variando incrivelmente de uma pessoa para outra.

Cada pessoa tem sua quantidade de nutrientes necessários para o bom funcionamento. O nutricionista avalia a adequação de cada alimento para cada paciente, ou seja, o alimento que pode ser excelente para uma pessoa, pode não ser para outra.

O que é a nutrição funcional?

Ela atua visando criar um plano alimentar para o paciente analisando as suas demandas e individualidades bioquímicas. Este tipo de nutrição vai além da contagem de calorias.

Muitas das vezes a dificuldade de manter o peso ideal não está na quantidade de calorias ingeridas, mas sim na deficiência de alguns nutrientes na dieta proposta. Esta deficiência acaba abaixando a imunidade.

Princípios da nutrição funcional

Os especialistas afirmam que a nutrição funcional é baseada na idéia de que os alimentos e nutrientes precisam interagir de maneira positiva. Em alguns casos específicos, essa interação irá inibir alguns quadros patológicos.

Os pesquisadores já podem confirmar que a dieta adequada à especificidade e individualidade de cada pessoa, pode equilibrar o conjunto de sistemas do nosso corpo evitando várias doenças como, por exemplo, obesidade ou diabetes.

Nutrição funcional dá resultado?

O que é nutrição funcional?

Nutrição funcional e emagrecimento

Finalmente as pessoas começam a compreender que a paranóia da contagem de calorias não faz mais sentido, mas o caminho ainda é longo para conscientizar as pessoas de que as fórmulas milagrosas para emagrecer não funcionam para todo mundo.

O sonho dos nutricionistas é que as pessoas compreendam que o mais importante é ingerir a quantidade correta de nutrientes, sem esquecer-se da qualidade dos alimentos. Respeitando estas características, você estará protegendo o seu corpo das toxinas.

Fatores externos e fases da vida para a nutrição funcional

Uma descoberta nos estudos foi que até as toxinas ambientais podem deixar as pessoas mais predispostas a desenvolver quadros de obesidade e/ou outras desordens metabólicas.

O que muita gente não sabe é que é possível adequar o plano alimentar, para as adolescentes grávidas, para os praticantes de atividades físicas, para os atletas, para as pessoas com obesidade. Lembrando sempre que existem variações de demandas em épocas diferentes do ano.

Quando falamos de exercício físico, sempre alertamos para importância de buscar o acompanhamento do profissional de Educação Física. No caso da nutrição funcional não seria diferente. É indispensável que todo o processo seja acompanhando por um nutricionista de qualidade.

Somente o nutricionista tem formação e capacitação suficiente para realizar as adequações no plano alimentar. Ele será capaz de analisar e controlar as evoluções do tratamento.

Nutrição funcional e aumento da longevidade

Pesquisas da Organização Mundial da Saúde comprovam que as doenças crônicas não transmissíveis totalizam 72% das mortes no Brasil. Os pesquisadores afirmam que 80% dos problemas do coração, AVC e Diabetes tipo II, além de diversos tipos de câncer podem ser evitados com mudanças nos hábitos alimentares.

Estamos finalizando este artigo e esperamos que vocês tenham compreendido a importância de alimentar-se bem. Pense que o emagrecimento é possível alimentando corretamente e não ficando sem se alimentar.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.