Foliculite é uma inflamação dos folículos pilosos. Cada cabelo em seu corpo cresce fora de uma pequena bolsa chamada folículo. Você pode ter foliculite em qualquer parte do seu corpo, mas é mais comum na área da barba, braços, costas, nádegas e pernas.

O que causa a foliculite?

Ela pode ser causada por bactérias. Ela também pode ser causada por leveduras ou outro tipo de fungo. Você pode ter a foliculite se você tiver danificado os folículos pilosos. Barbear ou usar roupas que esfregam a pele pode irritar os folículos, o que pode levar a foliculite. Eles também podem ficar bloqueados ou irritados pelo suor, óleos de máquinas, ou maquiagem. Quando os folículos são feridos, eles são mais propensos a se tornarem infectados.

É mais provável que você tenha foliculite se você:

Usar uma piscina quente, banheira, banheira de hidromassagem ou vai nadas em um lugar que não está devidamente tratado com cloro.

Usar roupas apertadas.

Usar ou trabalhar com substâncias que podem irritar ou bloquear os folículos. Exemplos incluem maquiagem, manteiga de cacau, óleo de motor, alcatrão, e creosote.

Já possui um corte infectado, pelos raspados, ou feridas cirúrgicas. As bactérias ou fungos podem espalhar para os folículos capilares vizinhos.

Ter uma doença como a diabetes ou HIV reduz a sua capacidade de combater a a foliculite.

Previna a foliculite antes que ela saia de controle

Causas possíveis da foliculite no couro cabeludo é o uso de produtos químicos pesados e cortes de cabelos usando lâminas. Corra destas causas para não ser incomodado pela foliculite, principalmente se você tem alergias na pele. (Foto: www.buenasalud.net)

Quais são os sintomas da foliculite?

A foliculite tem fotos aos milhares na internet, para você comparar com seus sintomas e ver se é foliculite. Porém, lembre-se: isso é só um começo de diagnóstico, que deve ser confirmado pelo seu dermatologista. Foliculite geralmente se parece com espinhas vermelhas com um cabelo no centro de cada ponto inflamado. As espinhas pode ter pus nelas, e elas podem coçar ou queimar. Quando as espinhas “estouram”, elas podem drenar pus, sangue, ou ambos. A foliculite de banheira, na maioria das vezes, aparece cerca de 72 horas depois de você ter entrado em uma banheira de água quente ou spa. Muitas pequenas espinhas aparecem em sua barriga e às vezes em seus braços e pernas. Você pode ter uma febre ligeira e ter uma dor de estômago. Na maioria das vezes, este tipo de foliculite vai embora por conta própria em 7 a 10 dias.

Como é diagnosticada a foliculite?

O seu médico irá verificar a sua pele e perguntar sobre sua saúde e atividades realizadas. Ele ou ela pode fazer testes para descobrir o que está causando a sua foliculite e para se certificar de que você não tem um problema diferente de saúde que pode ser confundido com a foliculite. Testar uma amostra do líquido nas espinhas ou uma amostra de tecido pode ajudar o médico a aprender o que está causando a infecção.

De novo, repetimos: para foliculite na virilha, fotos podem ajudar no diagnóstico, mas não é, em hipótese alguma um diagnóstico definido, nem para a virilha nem para nenhuma outra parte do corpo.

Como é o tratamento da foliculite?

Para a alegria de todos, a foliculite tem cura. Foliculite leve geralmente cicatriza por si própria em cerca de 2 semanas. Você pode cuidar de si mesmo em casa com:

Compressas quentes feitas com água salgada, que pode aliviar a coceira e ajudar a cura. Para fazer uma compressa morna, molhe uma toalha de mão em água morna que você adicionou sal. Torça o excesso de água e coloque a toalha sobre a pele afetada por alguns minutos.

Shampoo medicamentoso. Ele pode ser usado como remédio caseiro para foliculite no couro cabeludo ou na barba.

Se a inflamação piora ou não desaparecer, você pode precisar consultar o seu médico. Ele ou ela podem prescrever medicamentos e, nesse caso, a foliculite tem tratamento antibiótico.

Tome banhos diários, lavando o corpo com sabonete anti-fúngico principalmente após ir à banheiras públicas ou piscinas. Principalmente para prevenir a foliculite no couro cabeludo, você deve lavar com shampoo e condicionador correto para seus cabelos todos os dias.

Se a inflamação não desaparece ou continua a voltar, a depilação a laser pode ser uma opção. O tratamento com laser destrói os folículos pilosos, assim eles não podem ficar inflamados.

O melhor remédio caseiro para foliculite no bumbum, tanto na prevenção quanto no tratamento, é tomar chá de alho. Este mesmo alho pode ser usado na compressa quente, funcionando como um antisséptico para as bactérias causadoras da foliculite. Chá de equinácea tem o mesmo efeito. Use aloe vera sobra a área afetada para evitar cicatrizes e marcas causadas pela foliculite. Faça uma mistura de aloe vera com chá de alho ou equinácea e passe sobre o couro cabeludo, como um remédio caseiro para a foliculite no couro cabeludo, além de aliviar bastante a dor e coceira.

Como você pode evitar a foliculite?

Como praticamente todos os problemas de saúde, o melhor remédio natural para foliculite é a prevenção.

Tome banho diariamente com um sabão suave. Além disso, sempre tome uma ducha depois de exercitar e depois de trabalhar com produtos químicos. Evite compartilhar toalhas, panos ou outros itens pessoais. Se você tem foliculite, use um pano limpo e toalha diferente cada vez que você se banhar.

Não arranhe nem coce as feridas da foliculite. No caso de foliculite na barba ou causada por depilação, pare o processo e use outros meios que não irritem sua pele.  Evite o uso de óleos na sua pele com foliculite. Os óleos podem prender bactérias nos poros de sua pele e podem causar a foliculite.

Depois de usar banheiras de hidromassagem públicas ou spas, tome um banho imediatamente com sabão. Se você possui seu próprio ofurô ou hidromassagem, siga as instruções do fabricante para mantê-lo sempre limpo.

O que você recomenda para quem tem foliculite? Quais tratamentos funcionaram para você? Quais não funcionaram? O que seu médico recomendou?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.