O burnout/estafa é um estado de exaustão emocional, mental e física, causado pelo excessivo e prolongado stress. Ele ocorre quando você sente-se sobrecarregado e incapaz de responder às constantes demandas. Enquanto o stress continua, você começa a perder o interesse ou motivação que o levou a assumir uma certa posição em primeiro lugar.

Sua produtividade é reduzida e sua energia é drenada no burnout, deixando você sentindo-se cada vez mais desamparado, sem esperanças, cínico e ressentido. Em algum momento você sentirá que não tem mais nada para oferecer.

Já o stress é a forma que seu corpo tem para responder a qualquer tipo de demanda. Pode ser causado por experiências boas e ruins. Quando pessoas sentem-se estressadas por algo que está acontecendo ao redor delas, seus corpos reagem liberando substâncias no sangue. Estas dão mais energia e força para as pessoas, o que é bom se o estresse foi causado por algum tipo de ameaça corporal. Mas também pode ser ruim, se o estresse ocorre em resposta a algo emocional e não há saída para esta força e energia extra.

Características do burnout

O burnout é caracterizado pela total exaustão e desmotivação, levando a um estado de marasmo e depressão que pode, gradualmente, fazer com que pense que a vida não valha mais a pena. (Fonte: caregiver-007.hubpages.com)

O stress envolve muitas coisas: muita pressão que demanda muito de você fisicamente e psicologicamente. Pessoas estressadas ainda podem imaginar que se tudo ficar sob controle irão se sentir melhores. Por outro lado, o burnout/estafa, é sentir-se vazio, desmotivado e além de qualquer ajuda. Pessoas que estão sob efeito do burnout normalmente não tem qualquer esperança de mudanças positivas da situação em que se encontram.

Se o stress excessivo é como estar se afogando em responsabilidades, o burnout é estar seco de tudo. Uma outra diferença entre os dois: enquanto você normalmente está consciente de quando está sob muito stress você nem sempre percebe o burnout quando acontece.

São características do stress:

  • Caracterizado pelo excesso de comprometimento
  • As emoções apresentam reações em excesso
  • Produz urgência e hiperatividade
  • Perda de energia
  • Causa distúrbios de ansiedade
  • O dano primário é físico
  • Pode matá-lo prematuramente

São características do burnout:

  • Caracterizado pelo descomprometimento
  • As emoções não são reativas
  • Produz desamparo e desespero
  • Perda de motivação, ideais e esperança
  • Leva a depressão e a indiferença
  • O dano primário é emocional
  • Pode fazer com que a vida pareça não valer mais a pena

O burnout pode ser causado por stress em excesso, mas não é a mesma coisa. E mesmo que o stress seja um pré-requisito para o burnout, este não será necessariamente causado por muito stress. Para que o burnout ocorra deve existir um fator psicológico adicional. Depois de viver com stress e, em muitas vezes, gostando dele, chega em um ponto em que não há mais como evoluir. O sentimento de estar sobrecarregado sem energia ou esperanças.

Características do stress

O stress pode ser uma reação emocional ou física a um estímulo. Quando em intensidades baixas e por curtos períodos de tempo, ele pode ser extremamente benéfico. Mas quando prolongado, pode levar a graves problemas de saúde. (Fonte: helpingpsychology.com)

Cuidar de qualquer um dos problemas é muito difícil. E demora um bom tempo pra que a cura finalmente seja alcançada. A prevenção é o melhor remédio. Se você apresentar qualquer um desses sintomas, busque uma solução o quanto antes. Relaxe mais, busque hobbies que te deixem mais tranquilo e curta mais a vida. Ou você vai acabar desperdiçando ela cuidando da sua saúde. Ou acabando com ela.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.