A andiroba é uma árvore da floresta, que cresce até 40 m de altura. É da mesma família do mogno, e é também conhecida como mogno brasileiro ou mogno bastardo devido à sua semelhança. Ela pode ser encontrada crescendo selvagem em toda a Amazônia, geralmente em solos ricos, em pântanos e planaltos da Bacia Amazônica. Ele também pode ser encontrado cultivado em algumas regiões do país. Pode ser facilmente identificado por suas folhas grandes e distintamente texturizadas. Sua madeira macia é também utilizada pela indústria madeireira, sendo considerada um tipo de madeira macia.

Informações gerais sobre a Andiroba

Família: Meliaceae

Gênero: Carapa

Espécie: guianensisa

Nomes comuns: andiroba, andiroba-saruba, mogno bastardo, mogno brasileiro, iandirova, Carapa, Carapá, cedro macho, andiroba, Figueroa, krapa, nandiroba, requia, tangare, y-andiroba

Partes utilizadas: semente, cascas e folhas para óleo; madeira para móveis

Quais são os “poderes de cura” da Andiroba?

Nativos e aqueles que pregam o uso de remédios fitoterápicos alegam as seguintes propriedades medicinais para o óleo da andiroba:

  • Cura de feridas
  • Acalmar a pele
  • Reduzir a dor
  • Reduzir a febre
  • Reduzir a inflamação
  • Prevenir tumores
  • Matar bactérias da pele
  • Relaxar os músculos
  • Matar os parasitas
  • Expulsar vermes
  • Repelir e matar insetos
Cuidado no uso da andiroba

A andiroba e o óleo da andiroba podem ter ótimos efeitos para sua saúde, desde que você tenha o acompanhamento médico devido. (Foto: vnamazonas.com)

Como a andiroba é preparada e usada?

Os povos indígenas da Amazônia usam o óleo de andiroba para remover carrapatos em seu couro cabeludo e outros parasitas da pele, e até mesmo no processo de curtimento de peles de animais.

Chá de andiroba. Um chá é geralmente usado para febres e vermes intestinais, podendo também ser aplicado externamente para úlceras, parasitas da pele e outros problemas de pele. É também usado em gargarejos para dores de garganta e tosses.

Óleo de andiroba. O óleo pode ser esfregado por todo o corpo e até mesmo nos cabelos para se proteger de insetos que picam e para repelir a água da chuva (a que estão constantemente expostos na floresta). Aplicar diretamente nas articulações para aliviar a dor da artrite e reumatismo, além de ser possível aplicar em feridas e alergias. Alivia também condições da pele, como a psoríase.

O sabão de óleo de andiroba. Este sabão é especialmente recomendado para o tratamento de doenças da pele e como um repelente de insetos.

Casca da andiroba. Para ajudar na digestão, a casca é embebida em água por um dia e 1 xícara é tomada antes das refeições.

Misturas com andiroba. Misturá-lo com água quente e leite para infecções de ouvido, pingando com um conta gotas e protegendo com um algodão. Misturada com álcool ou água em spray, pode funcionar como um ótimo repelente ao ser borrifada pelo corpo.

Em geral, a andiroba é tratada como possuindo propriedades anti-inflamatórias, anti-bacterianas, anti-artríticas, e repelentes de insetos. O óleo também é usado para polir mobiliário, protegendo móveis de madeira de cupins e outros insetos mastigadores de madeira.

Quais são os nutrientes da andiroba?

Óleo de andiroba é uma rica fonte de ácidos graxos essenciais, incluindo os ácidos oleico, palmítico, esteárico e linoleico. Ela contém 65% de ácidos graxos insaturados e podem conter até 9% de ácido linoleico. O ácido linoleico tem demonstrado em vários estudos ao longo dos anos, para reduzir os níveis de colesterol, reduzir a pressão sanguínea, e proporcionar benefícios anti-cancerígenos.

Todas as partes da árvore de andiroba (incluindo o óleo) tem um gosto muito amargo. Esta amargura é atribuída a um grupo de substâncias químicas que são muito parecidas com os produtos antimaláricos encontrados em outras plantas tropicais. Um destes nutrientes, denominados gedunina, foi recentemente documentado com propriedades antiparasitárias e um efeito antimalárico igual ao do quinino.

A análise química do óleo de andiroba, cascas e folhas também identificou a presença de um outro grupo de compostos químicos chamados limonoides. As propriedades anti-inflamatórias e repelentes de insetos de andiroba são atribuídos à presença destes limonoides, incluindo uma novidade que tem sido chamado andirobina. Outro limonoide encontrado no óleo de andiroba tem sido bem promissor com efeitos anti-tumorais in vitro.

Usos comprovados para o óleo de andiroba

Óleo de Andiroba é bem conhecido no Brasil e amplamente utilizado para curar muitas doenças da pele e como um repelente natural. Nos últimos anos, vários produtos vendidos em cápsulas têm aparecido em lojas brasileiras e farmácias e são recomendados para o câncer e cura interior.

O óleo pode ser aplicado topicamente várias vezes ao dia para erupções cutâneas, músculos/dores articulares e lesões, feridas, picadas de insetos, furúnculos, e úlceras. Ele também pode ser usado por si só ou combinado com outros óleos, bem como colocados nas orelhas de infecções do ouvido. É também um ótimo remédio natural para os ácaros da orelha em cães e gatos, bastando colocar algumas gotas nos ouvidos afetados por dia durante uma semana.

Devo usar o óleo de andiroba?

Quando surge um novo nutriente milagroso, é necessário ser cauteloso. Seu médico deve ser consultado e deve orientar o uso desses novos remédios naturais, pois mesmo aqueles que dizem não ter efeitos colaterais podem causar mais mal do que você imagina. Estudos sobre a andiroba ainda são recentes, mas a maioria das promessas dos produtos provindos da andiroba tem se mostrado promissoras.

Onde comprar?

Pela internet, em lojas de produtos naturais e em farmácias brasileiras, tanto na forma de cápsulas como na forma de óleo. Cuidado para não comprar o óleo de andiroba para tratar madeira, pois esta versão não é comestível e pode fazer mal para sua saúde.

Você usa o óleo de andiroba? Quais os resultados obtidos?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.