Saúde Melhor

Dicas para manter a saúde em dia!

Síndrome do intestino irritável: causas, sintomas e tratamento!

Síndrome do intestino irritável é um distúrbio que leva à dor abdominal e cólicas, alterações nos movimentos intestinais e outros sintomas. Não é a mesma que a doença inflamatória do intestino, que inclui a doença de Crohn e a colite ulcerosa. Na síndrome do intestino irritável, a estrutura do intestino não é anormal.

Causas da síndrome do intestino irritável?

Não está claro por que os pacientes desenvolvem esta doença Por vezes ocorre após uma infecção do intestino. Isto é chamado síndrome do intestino irritável pós-infecciosa. Também pode haver outras causas.

O intestino está ligado ao cérebro. Sinais vão e voltam entre o intestino e o cérebro. Estes sinais podem afetar a função intestinal e ter sintomas. Os nervos podem se tornar mais ativos durante o estresse, fazendo com que o intestino seja mais sensível e fique mais “espremido”.

O problema pode ocorrer em qualquer idade, mas geralmente começa na adolescência ou início da idade adulta. É duas vezes mais comum em mulheres do que em homens. É o problema intestinal mais comum que faz com que os pacientes sejam encaminhados para um especialista intestinal (gastroenterologista).

Sintomas da síndrome do intestino irritável

Os sintomas variam de leve a grave. A maioria das pessoas têm sintomas leves. Os sintomas são diferentes de pessoa para pessoa. Os principais sintomas da síndrome do intestino irritável são dores abdominais, sensação de “cheio”, gases e inchaço que estavam presentes por pelo menos 3 dias por mês durante os últimos 3 meses. A dor e outros sintomas, muitas vezes:

  • São reduzidos ou vão embora depois de uma evacuação;
  • Ocorre quando há uma mudança na frequência com que você tem evacuações;
  • Pessoas com síndrome do intestino irritável pode alternar entre constipação e diarreia, ou na sua maioria têm uma ou a outra;
  • Pessoas com diarreia terão fezes freqüentes, soltas e aquosas. Estas pessoas podem, muitas vezes, têm uma necessidade urgente de ter um movimento intestinal, que pode ser difícil de controlar.
  • Aqueles com constipação terão dificuldade em defecar, bem como um menor número de evacuações. Muitas vezes, estas pessoas precisam se esforçar e vão sentir cólicas com uma evacuação. Frequentemente, eles não libertam quaisquer fezes, ou apenas uma pequena quantidade;
  • Para algumas pessoas, os sintomas podem agravar-se por algumas semanas ou um mês, e depois diminuir por um tempo. Para as outras pessoas, os sintomas estão presentes na maioria das vezes;
  • Pessoas com a síndrome também podem perder o apetite.
Uma doença irritante e incômoda

Incômoda, a síndrome do intestino irritável pode atrapalhar muito sua vida. (Foto: www.warrelatedillness.va.gov)

Exames e testes para a síndrome do intestino irritável

Na maioria das vezes, o médico pode diagnosticar o problema com base em seus sintomas, com poucos ou nenhuns testes. Comer uma dieta sem lactose por 2 semanas pode ajudar o médico a verificar uma possível deficiência de lactose.
Não há nenhum teste para diagnosticar o problema. Alguns testes podem ser feitos para descartar outros problemas:

  • Os exames de sangue para ver se você tem doença celíaca ou uma contagem sanguínea baixa (anemia);
  • Culturas de fezes para verificar se há uma infecção.

Alguns pacientes precisam de uma colonoscopia. Durante este teste, um tubo flexível é inserido através do ânus para examinar o cólon. Você pode precisar deste exame se:

  • Os sintomas começaram mais tarde na vida (mais de 50 anos de idade);
  • Você tem sintomas como perda de peso ou fezes com sangue;
  • Você tem testes sanguíneos anormais (tais como uma baixa contagem do sangue).

Outras doenças que podem causar sintomas semelhantes incluem:

  • Doença celíaca;
  • O câncer do cólon (câncer raramente provoca sintomas típicos da síndrome do intestino irritável, a menos que os sintomas como perda de peso, sangue nas fezes, ou testes sanguíneos anormais também estejam presentes);
  • A doença de Crohn ou colite ulcerativa.

Tratamentos para a síndrome do intestino irritável

O objetivo do tratamento é aliviar os sintomas. Mudanças de estilo de vida pode ajudar em alguns casos da síndrome. Por exemplo, o exercício regular e melhores hábitos de sono podem reduzir a ansiedade e ajudar a aliviar os sintomas intestinais.
Mudanças na dieta podem ser úteis. No entanto, nenhuma dieta específica pode ser recomendada para a síndrome do intestino irritável, pois a condição é diferente de uma pessoa para outra. As seguintes alterações de hábitos podem ajudar:

  • Evite alimentos e bebidas que estimulam o intestino (como a cafeína, chá ou colas);
  • Evite grandes refeições;
  • Aumento de fibras na dieta (pode melhorar a constipação, mas fazer o inchaço pior);
  • Converse com seu médico antes de tomar medicamentos diretamente da farmácia.

Nem todo medicamento vai funcionar para todos. Medicamentos que o seu médico pode tentar incluem:

  • Medicamentos anticolinérgicos (dicyclomine, propantheline, beladona, e hiosciamina) tomados cerca de meia hora antes de comer para controlar espasmos musculares intestinais;
  • Bisacodil para tratar a constipação;
  • Loperamida para tratar a diarréia;
  • Baixas doses de antidepressivos tricíclicos para ajudar a aliviar a dor intestinal;
  • Lubiprostone para os sintomas da constipação;
  • Rifaximina, um antibiótico;
  • A terapia pode ajudar em casos de ansiedade severa ou depressão.

Prognóstico para a síndrome do intestino irritável

Síndrome do intestino irritável pode ser uma condição para o resto da vida. Para algumas pessoas, os sintomas são incapacitantes e reduzem a capacidade de trabalhar, viajar e participar de eventos sociais.

Os sintomas muitas vezes podem ser melhorados ou aliviados através de tratamento.
A síndrome não pode causar dano permanente aos intestinos, e não pode levar a uma doença grave, como o câncer.

Considerações finais: sempre converse com seu médico!

Chame seu médico se você tiver sintomas da síndrome do intestino irritável ou se você notar uma mudança em seus hábitos intestinais que não vão embora. Nada de usar medicamentos sem consulta com seu médico. Automedicação pode piorar os sintomas.

Categorias:

Comente e participe !

Publicidade

Os melhores artigos

    X
    Dicas de saúde por email!