Criado em conjunto com a promulgação da Constituição Federal de 1998, o Sistema Único de Saúde tem como propósito principal possibilitar o acesso universal aos serviços básicos de saúde para a população brasileira. São mais de 190 milhões de pessoas que tem acesso ao sistema, com 80% desse total inteiramente dependente do SUS.

Com tantas notícias ruins sobre o SUS na mídia, fica parecendo até que ele é um monstro, um bicho de sete cabeças, sendo que na verdade, temos um dos sistemas de saúde mais completos do mundo. Lógico, ele merece melhoras consideráveis, mas estamos melhor que os EUA, por exemplo, que não tem sistema de saúde próprio.

São mais de 6000 hospitais credenciados, 45 mil unidades de atenção primária, mais de 30 mil Equipes de Saúde da Família, mais de 2,8 bilhões de procedimentos ambulatoriais anuais, 19 mil transplantes, 236 mil cirurgias cardíacas, 9,7 milhões de procedimentos de quimioterapia e radioterapia e 11 milhões de internações.

Integrados ao SUS, temos o SAMU, que é o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, as Políticas Nacionais de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Humanização do SUS, UPA (Unidade de Pronto Atendimento), Saúde do Trabalhador, programas de vacinação em massa e a realização de transplantes pela rede pública.

Marcando consultas pelo SUS

Não se esqueça que os cartões do SUS são necessários para você marcar sua consulta. (Foto: www.saude.al.gov.br)

Tudo isso, realizado de maneira gratuita e de forma descentralizada, isto é, o país, os estados e os municípios podem gerir o sistema de saúde de forma a torná-lo mais eficiente e atender a demandas específicas da população de certas regiões.

Como saber mais informações sobre o SUS?

Quem estiver interessado em obter mais informações sobre o SUS, pode entrar em contato pelos seguintes meios:

Como marcar uma consulta pelo SUS?

Uma vez que o Sistema Único de Saúde é descentralizado, quem precisa marcar uma consulta pelo SUS deve entrar em contato com a Secretaria de Saúde de seu município para saber onde é a unidade mais próxima de atenção primária à sua residência. Você deverá, antes disso, fazer seu cartão SUS, gratuitamente, podendo este ser impresso em qualquer município no Brasil, em hospitais, clínicas, postos de saúde ou outros locais definidos pela secretaria municipal de saúde. O interessado deve estar portando:

  • RG;
  • CPF;
  • Certidão de nascimento ou casamento.

Daí então, basta saber qual a unidade de atenção primária mais próxima e agendar sua consulta. Alguns municípios possibilitam o agendamento via internet, enquanto outros também disponibilizam o agendamento via telefone. Você deve entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde para informações mais completas. Lembrando que quanto mais vezes e mais cedo você frequentar ao médico, mais fácil será para detectar problemas de saúde.

3 comentários para “Como marcar consulta pelo SUS?”

  1. j Ribamar f filho

    Bom dia,

    Tenho buscado informações claros sobre procedimentos eficaz para agendamentos de marcação de consultas pelo SUS em Manaus, porem as informações são as mas desencontradas possíveis. Qual o órgão e setor que poderia fornecer esta informação com precisão, atualizada.

    Atenciosamente,
    Ribamar

  2. luciana

    boa tarde,meu esposo esta precisando de uma consulta com medico de varizes,mas ele não tem plano de saúde,como faco para conseguir marcar uma consulta pelo SUS?

  3. Ana Claudia

    ótimo este site se funcionar. Estou precisando de um geriatra para meu tio, como faço?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)