Boa parte da população mundial tem algum tipo de desvio no septo nasal. Para alguns, não faz diferença alguma na qualidade de vida. Para outros, pode ocasionar uma rinite alérgica, sinusites constantes e até a apneia. No meu caso, estava causando um grande incômodo, pois eu tinha entupimentos diários no período da noite e frequentes crises de sinusite e uma rinite alérgica ocasional. Decidi por fazer a cirurgia de septo após consultar com 3 diferentes otorrinolaringologistas. Qual foi o resultado?

Antes de mais nada, cada cirurgião poderá utilizar uma técnica diferente. Isso influenciará muito na sua recuperação. A cirurgia mais clássica torna necessário o uso de tampões dentro de seu nariz e a troca semanal destes curativos. Existe também a cirurgia a laser, que torna desnecessário tal tipo de curativo. A técnica que meu otorrino utilizou não usava laser, mas também tornava o curativo desnecessário.

É esperado que na primeira semana você não consiga respirar direito, dado que suas vias aéreas estarão inchadas. Porém, no meu caso eu já tive um resultado positivo na primeira semana. Apesar da dor e da dormência no céu da boca, que são normais, eu já conseguia respirar melhor. É como se eu tivesse algum tipo de problema de visão e fizesse uma cirurgia para voltar a enxergar, só que pelo nariz. A respiração melhora demais.

Durante o processo de cicatrização e recuperação, é necessário lavar o nariz com uma seringa e soro fisiológico. É um pouco nojento ver coágulos de sangue e pus saindo de suas narinas. Depois de um tempo, você também começa a sentir um cheiro um pouco podre dentro de seu nariz, uma vez que ali dentro você está cicatrizando algumas feridas. Basicamente, é sua carne podre, que deve ser lavada com soro fisiológico constantemente para acelerar o processo de cicatrização.

Desvio de septo

Algumas pessoas fazem a cirurgia de desvio de septo junto com uma rinoplastia. É uma boa combinação, que pode otimizar os resultados da correção do desvio. (Foto: ocafematinal.blogspot.com)

Nos primeiros dias, são necessários outros remédios, como antibióticos para evitar infecções. Tais remédios podem afetar seu estômago, mas é melhor do lidar com uma dor de barriga do que pegar uma doença mais grave. Esforços físicos também devem ser evitados nos primeiros dias que se seguem à cirurgia. Após a liberação de seu médico, pegue leve nos exercícios físicos porque respirar vai incomodar um pouco ainda.

Outra coisa bem difícil é explicar para os amigos não encostarem em seu nariz ou ao beijar alguém evitar de esbarrar o nariz. Qualquer encostinho nos primeiros dias dói, e muito. Tente evitar cumprimentar as pessoas com beijos e explique a situação para sua namorada. Cuidado com ficantes e abraços mais quentes, pois seu nariz parece se tornar um alvo durante a recuperação.

A recuperação completa é esperada em aproximadamente dois meses. Já no final do primeiro mês, eu tenho dormido com mais qualidade e não tenho nenhum tipo de crise alérgica ou sinusite. A prática de esportes ficou melhor também, pois tenho mais fôlego respirando apenas pelo nariz. A qualidade de vida melhora muito. Mas quem poderá te dizer melhor se a cirurgia é a opção certa para você é seu médico. Aqui, estou apenas relatando minha experiência e o que aprendi com os médicos. Agende uma consulta e esclareça suas dúvidas de forma mais completa.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)